IPTU será distribuído na semana que vem em Jaraguá do Sul

IPTU será distribuído na semana que vem em Jaraguá do Sul IPTU será distribuído na semana que vem em Jaraguá do Sul

Entretenimento

Por: Misael Freitas

sexta-feira, 11:12 - 09/02/2018

Misael Freitas

A Prefeitura de Jaraguá do Sul inicia na semana que vem a entrega dos carnês do IPTU. São 61.047 carnês que devem chegar nas residências até o fim de fevereiro.

A partir da tarde de quarta-feira, 14, os carnês também estarão disponíveis no site da prefeitura. O lançamento tributário é de R$ 50,2 milhões, já descontando as concessões de isenção de IPTU, para os casos previstos em lei.

A primeira parcela do IPTU 2018 vence em 12 de março. Para pagamento à vista o desconto é de 10%. No caso de parcelamento, o valor pode ser parcelado em até 8 vezes e as parcelas não podem ser inferiores a R$ 62,22.

A partir deste ano a taxa de coleta de lixo não é mais cobrada no boleto do IPTU e, sim, na fatura de água e esgoto do Samae (parcelada em 12 meses).

Já a Cosip (Contribuição para o Custeio da Iluminação Pública) de terrenos baldios, que antes não era cobrada, passa a ser incluída no carnê de proprietários desses tipos de imóvel.

O prazo para recursos referentes a pedidos de revisão, contestação e solicitação de isenção termina no dia 12 de março.

Após essa data não será mais possível protocolar o recurso. O requerimento deve ser feito no setor de Protocolo da Prefeitura de Jaraguá do Sul, cumprindo com a Lei Complementar nº 209/2017, artigo 273-A.

Confira alguns casos de isenção de IPTU, previstos na Lei Complementar nº 48/2005
  • Pessoa com renda familiar de até três salários mínimos*;
  • Imóvel de ex-combatente de guerra*;
  • Imóvel enxaimel ou de reconhecido valor histórico e arquitetônico*;
  • Imóveis de entidades beneficentes*;
  • Área de Preservação Permanente (APP) acima da cota cem metros*;
  • Imóvel de órfãos cujos rendimentos não ultrapassem três salários mínimos*;
  • Imóvel de associação de moradores*;
  • O terreno de pessoa física localizado em área urbana utilizado para fim agrícola*

Vide Lei Complementar nº 48/2005 para informação completa. A isenção só é concedida nos casos em que a pessoa completar todos os requisitos descritos na lei.

×