Peça importante do automóvel, a luz indicadora de direção do veículo nem sempre é utilizada. Em Jaraguá do Sul, parece ser mesmo um hábito não indicar qual direção o motorista está seguindo, seja mudando de faixa ou mesmo fazendo uma conversão. A situação é tão grave que já disponibilizamos um manual aqui no Por Acaso para quem não sabe utilizar este dispositivo.
turn

                    Viu? Não custa nada dar a seta!

Se você não curte “dar a seta”, o Código de Trânsito Brasileiro estipula no seu artigo 196 como infração grave, multa de R$ 127,69 e 5 pontos na CNH o “deixar de indicar com antecedência, mediante gesto regulamentar de braço ou luz indicadora de direção do veículo, o início da marcha, a realização da manobra de parar o veículo, a mudança de direção ou de faixa de circulação".
Gente, não dar a seta é perigoso e é uma das maiores causas de acidentes. É sério! Não é preciso fazer nenhum estudo sobre o tráfego nas estradas ou mesmo ser especialista em trânsito para saber disso, basta “dar um Google” e ver com os seus próprios olhos a quantidade de acidentes causados por esta babaquice falta de atenção. Apesar disso, nem tudo está perdido!
2

Sensor faz o trabalho que deveria ser feito pela mão de muita gente.

Pois bem, para quem insiste em não utilizar esse instrumento tão importante, eis que surge uma engenhoca que promete acabar com esse problema. Carolina Heimann, Pedro Delboni e Thierry Cintra Marcondes criaram um sistema que dá a seta automaticamente. Um sensor de movimento desenvolvido especialmente para este fim (foto acima) avisa o conjunto ótico eletronicamente quando o motorista está mudando de faixa, vai fazer uma ultrapassagem ou está desacelerando o carro sem pisar no freio, por exemplo.
Bom, o sistema automático já pode ser instalado nos carros, mas o nobre leitor deve ser bastante inteligente pra não precisar de uma coisa dessas, né?
Fonte: Auto Esporte