Assim como diversas datas importantes foram celebradas de uma forma diferente neste ano, o Natal também será atípico devido ao coronavírus.

Pensando neste momento adverso, a ilustradora Carla de Paula Jensen, de Jaraguá do Sul, resgatou uma lembrança natalina para levar mais esperança e amor às festas de fim de ano.

Carla fez uma releitura de um antigo calendário do Advento de Natal que ganhou de presente de uma tia quando era criança.

"Eu amava abrir as janelinhas e ver as mensagens que estavam escritas e também os desenhos, fiz isso por muitos anos. Era uma contagem regressiva para o dia 25", conta.

Para os cristãos, o período que antecede a data de nascimento de Jesus é um tempo de preparação, alegria e expectativa.

O advento se inicia quatro domingos antes do Natal e termina no dia 24. Um dos símbolos deste tempo é a coroa de galhos verdes com velas, fitas vermelhas e bolas. Outra tradição do advento é o calendário feito por Carla.

A ideia surgiu na Alemanha em 1839, quando Johann Heinrich Wichern, dirigente de um orfanato em Hamburgo, pensou em amenizar a ansiedade das crianças para o Natal reunindo elas para cantar, orar e acender uma vela nas noites dos dias 1 a 24 de dezembro.

A iniciativa foi contemplada com a impressão de um calendário com 24 janelas, cada uma delas com uma surpresa diferente.

Foto Fábio Junkes/OCP News

A tradição chegou até Carla pelas origens alemãs da família Jensen/Janssen e também foi repassada aos seus filhos.

"A maioria das pessoas nunca viu um calendário assim, principalmente em outros estados, porque aqui tem muito da cultura alemã então alguns ainda lembram", explica.

Neste ano, motivada pela memória afetiva e efeitos negativos da pandemia, ela resolveu fazer o próprio calendário. O material, com formato de árvore de Natal, está à venda e pode ser adquirido pelo valor de R$ 50.

Segundo Carla, as ilustrações e frases motivacionais vão ajudar as pessoas a superarem os momentos conturbados vividos nos últimos meses e alegrar esta reta final de 2020.

Tradição se mantém forte na Europa

O costume de fazer a contagem regressiva para o Natal com um calendário especial não é muito comum no Brasil. Já na Europa, a tradição continua firme até hoje.

Além dos materiais feitos em casa, muitas marcas comercializam os seus calendários com brindes personalizados como brinquedos, cosméticos, cervejas e chocolates.

O público-alvo também varia e vai desde crianças e adultos até animais de estimação.

"Era um sonho conseguir montar o meu calendário. Todos os desenhos foram feitos com muito amor e carinho, assim como a escolha das frases", destaca.

Para adquirir o calendário criado por Carla, entre em contato pelo telefone (31) 9396-5026 ou pelo Instagram, procurando o perfil @carlajensenatelie.

 

Telegram Jaraguá do Sul