Humorista Renato Aragão perde o direito de usar a marca “Didi”; entenda o motivo

Foto: Reprodução redes sociais

Por: Elisângela Pezzutti

16/09/2023 - 08:09 - Atualizada em: 17/09/2023 - 15:34

Renato Aragão, o eterno Didi do programa “Os Trapalhões”, exibido na televisão entre as décadas de 1970 e 1990, pode perdeu o direito de usar sua marca para uma empresa chinesa. O motivo: falta de registro.

Segundo o Instituto Nacional de Propriedade Intelectual (Inpi), ele não fez o registro de marca de “DIDI”, “DiDi” e “A Turma do Didi”.

Já a empresa chinesa Beijing Didi Infinity entrou com um pedido de registro de marca por “DIDI”, em 2016, e o direito foi concedido com validade até 2028. O direito sobre o termo “DiDi”, solicitado em 2021, também foi concedido à empresa chinesa, com validade até 2032.

O humorista também não tem propriedade sobre a marca “A Turma do Didi”, pois a detentora é a Rede Globo, emissora que exibiu o seriado de 1998 até 2010. O pedido de registro foi feito pela Globo em 2017 e é válido até 2028.

Conforme informações do Inpi, Renato Aragão solicitou, por meio da empresa Renato Aragão Produções Artísticas LTDA, somente o registro da marca “As Aventuras do Didi”, em 2001, com validade até 2027. A marca se refere ao seriado que ficou ao ar de 2010 a 2013, na Rede Globo.

*Com informações da CNN

 

 

Notícias no celular

Whatsapp