Um gato apelidado de Frajola passou por uma aventura tão inesperada que acabou recebendo o apelido de Frajola Aventureiro ao fim da história. Ele viajou 250 quilômetros escondido sob o capô de um carro, no dia 11 de julho, e só conseguiu retornar para casa nesta terça-feira (20).

O caso aconteceu no Rio Grande do Sul. De acordo com a reportagem do G1, a dona do Frajola, Bruna Sparremberger, e o filho, Pietro, moram em Capão da Canoa, no litoral Norte gaúcho.

No dia 10 de julho eles decidiram visitar a sogra de Bruna e deixaram a janela de casa aberta para que Black, o outro gato da família, pudesse voltar, pois havia ficado na rua.

Quando retornaram para casa, não ouviram o miado do gato e perceberam que Frajola havia desaparecido. Bruna então divulgou o sumiço do gato nas redes sociais e grupos de WhatsApp.

Frajola havia entrado na carroceria de um carro e se abrigado sob o capô, sem que ninguém notasse sua presença. O carro era o de Marcelo Petter, que mora em Estrela, no Vale do Taquari, e estava passando o fim de semana em Capão da Canoa.

Quando Marcelo retornou para Estrela, a 250 quilômetros de, o gato foi junto. Apesar da aventura, ele não se feriu e só foi notado quando chegaram à cidade.

"De tarde fui no aniversário do meu pai. Estava brincando com a minha afilhada de 3 anos, que tem mais ou menos a idade do filho da Bruna, quando ouvi o miado de gato. Começamos a procurar, parecia que estava embaixo do carro, e nada. Resolvi olhar dentro do carro, daí abri o capô e estava lá os olhinhos dele me olhando num lugar apertado", conta Marcelo.

O felino recebeu todos os cuidados até esta terça-feira (20), quando ganhou uma carona de familiares do motorista para voltar para seu lar.

Com o fim da aventura, Frajola ganhou até um perfil no Instagram.

"O gato mais famoso de Capão da Canoa/RS. Sobrevivente de uma aventura em quatro rodas", escreveu a tutora no perfil.