A tranquilidade de Guaramirim será momentaneamente interrompida na noite deste sábado (24) pelo volume de guitarras se contorcendo em distorção. Ao reaparecerem no Pesqueiro São José (rua Vendolino Kramer, 749, Rio Branco) para celebrar os 20 anos do primeiro show juntas, duas bandas icônicas da região, Fly-X e Repulsores, farão muita gente voltar aos tempos memoráveis do Curupira. O evento começa às 20h.

Os heróis locais da Fly-X (foto no alto) nem estão tanto tempo assim distantes – o trio tocou no ano passado no Sesc de Jaraguá para comemorar as duas décadas de vida. A melhor notícia é que parece haver uma retomada da banda, tanto é que existem planos de gravar um disco (o quinto) em 2019.

Já os Repulsores, de Schroeder, subiram num palco juntos há pouco mais de dois anos. Formada em 1998, o trio vive entre idas e voltas desde 2006, sem nunca abdicar das raízes hardcore envenenadas pelo thrash metal. Basta esperar pelas faixas dos CDs/demos “Puta Profissão” (2000), “Possuídos” (2002) e “Proliferação do Mal” (2007) para saber do que se trata.

A nostalgia da noite dará um tempo no show da Damn Niuves, quarteto que, mesmo com formação mais recente, é formado por músicos “velhos de guerra” de Guaramirim e Jaraguá. Ecos de Nirvana e Soundgarden se espalham por “Whatever”, Ep lançado em 2015 (ouça AQUI).