O Sesc vai receber na próxima semana uma programação cultural cinematográfica. A 1ª Exibição Nacional Independente dos filmes premiados no 1° Festival Nacional de Cinema de Jaraguá do Sul acontecerá entre os dias 12 e 15 de novembro.

Nos quatro dias de evento serão exibidos os curtas, meias e longas-metragens premiados no festival que aconteceu em maio de 2018.

De gêneros variados, além dos 15 filmes premiados, também serão exibidos dois filmes de convidados especiais que foram produzidos no município: ‘Limite Mortal’, de Isaac Huna e ‘O Vale’ de Guilherme Fernandes e Lucas Bogo.

De acordo com o Presidente do Instituto Fescine, Nelson Luiz Pereira, o grupo tem como objetivo estimular o empreendedorismo cultural da região por meio da produção audiovisual.

“Estamos ajudando a promover a cultura em nossa cidade, também contribuímos para desenvolver o potencial de talentos fora do eixo Rio-São Paulo”, afirma.

Produções exibidas

A primeira edição do Festival contou com mais de 260 obras inscritas em toda a América Latina, foram selecionados 59 curtas-metragens, três meias-metragens e seis curtas-metragens para a categoria competitiva, o evento também contou com workshops e atividades interativas para o público.

Com o sucesso do evento ao dar espaço para as produções audiovisuais independentes, a comissão organizadora já planeja a próxima edição do evento que acontecerá em 2019, mas ainda não tem data definida.

Programação

12 de novembro - 19h às 20h30 - Classificação: 12 anos

Melhor Direção Fotografia Curta-metragem: Azul Serra
1 - Para salvar Beth, de Theodoro Cochrane e Alan Medina - Santos – SP – 2016 – Ficção/drama – 19`28”

Melhor Direção Curta-metragem: Luiza Campos
Melhor Trilha Curta-metragem: Fábio Góes
2 - Próxima, de Luiza Campos – São Paulo - SP – 2017 – Comédia/infantil – 15´

Melhor Animação
3 - Solito, de Eduardo Reis – Porto Alegre - RS – 2017 – Animação - Drama/fantasia – 5´

Menção Honrosa - Experimental
4 - Hoje, de Bruno Rengel – Jaraguá do Sul – SC – 2017 – Drama/experimental – 11´43”

Melhor Roteiro Curta-metragem: Danielle Bertolini
5 - Filhos da lua na terra do sol, de Danielle Bertolini – Cuiabá - MT – 2015 - Documentário – 15`36”

Melhor Atriz Curta-metragem: Gilda Nomacce
6 - Ou isso ou aquilo, de Hadija Chalupe e Raquel Stern - Rio – RJ – 2016 – Ficção/Comédia – 26´

13 de novembro - 19h às 20h30 - Classificação: 14 anos

Menção Honrosa - Experimental
7 - Pontos da sexualidade feminina, de Andressa Vieira – Jaraguá do Sul – SC – 2017 - Animação /experimental / instrucional - 4`47”

Menção Honrosa - Experimental
8 - De boca em boca, de Wagner Abreu – Porto Alegre – RS – 2016 – Documentário/experimental – 19`57”

Melhor Montagem Curta-metragem: Helton Vilar
9 - Close, de Rosane Gurgel – Fortaleza - CE – 2016 – Documentário/LGBT – 20`

Melhor Curta-metragem
10 - Ao final da conversa, eles se despedem com um abraço, de Renan Brandão –. Rio - RJ – 2017 – Drama – 19´50” .

Melhor Direção Arte Curta-mertagem: Alex Rocca
11 - Em algum lugar, amanhã, de André Siqueira - Curitiba – PR – 2017 – Drama – 25`

14 de novembro – 19h às 20h - Classificação: 16 anos

Melhor Ator Curta-metragem: Eucir de Souza / Guilherme Rodio
12 - Sal, de Diego Freitas – São Paulo – SP – 2016 - Suspense/drama – 14´56”

Melhor Experimental
13 - Ándale, de Petter Baiestorf – Palmitos – SC -2017 - Experimental / drama/cotidiano – 4´

Melhor Meia-metragem
14 - Rainha, de Sabrina Fidalgo – Rio – RJ – 2017 – Drama – 30´53”

15 de novembro – 19h às 20h30 Classificação: 18 anos

Melhor longa-metragem
15 - Ninfabebê, de Aldo Pedrosa – Uberava – MG – 2016 – Drama/suspense – 87

-

Quer receber as notícias no WhatsApp?