A primeira edição do Festival de Cinema de Jaraguá do Sul, em maio, abriu com a estreia do média-metragem “O Vale”, uma produção rodada na região e com mão de obra local – entre outros, o ator e roteirista Guilherme Fernandes, a roteirista e produtora Zaira Zimmermann e o diretor Lucas Bogo.

Agora, sabe-se que o filme era apenas o início da história: a ideia é que ele continue, como série para a TV ou internet. A largada deve ser dada no ano que vem.

Como “O Vale” já foi concebido como essa proposta, ele tem a duração de um capítulo de série (40 minutos). Quem revela é o próprio Guilherme Fernandes, que participou de “Malhação” e da novela “Deus Salve o Rei”.

“Neste momento, estamos percorrendo festivais pra dar mais peso ao projeto antes de negociarmos com que canal fecharemos a série”, explica ele, acrescentando que já tem a sinopse dos dez capítulos da primeira temporada, também a ser rodada na região de Jaraguá do Sul e com o mesmo elenco.

Projeto foi rodado em Jaraguá do Sul com atores da região | Foto Divulgação
Projeto foi rodado em Jaraguá do Sul com atores da região | Foto Divulgação

Esta leva inicial dá sequência ao reencontro de Theo (Fernandes) com seu passado, ao retornar a sua cidade natal para um reunião de velhos amigos. Aí, conheceremos mais a fundo o conflitos dos outros personagens, todos moradores do Vale.

“Começamos esse projeto pensando que Jaraguá precisava de um filme para representá-la. Então fomos atrás de histórias relevantes, buscando no nosso próprio passado e na história de amigos o que era o mais importante a ser dito sobre o Vale", comenta Guilherme.

"Aí que encontramos os pilares narrativos que estão presentes na vida de todo jaraguaense (e de qualquer outra cidade do interior): os laços inseparáveis das amizades de longa data, o eterno retorno às raízes, os conflitos que deixamos para trás e um dia criamos coragem para resolver”, finaliza.

Quer receber as notícias no WhatsApp?