José Padilha, que há coisa de um mês se lançou ao olho do furacão das tensões políticas brasileiras com a série “O Mecanismo”, ressurge agora, só que no cinema. O diretor brasileiro assina “Sete Dias em Entebbe”, filme baseado em fatos reais que entra em cartaz nesta quinta-feira (19), e novamente se coloca em meio a dilemas éticos e bastidores do poder. Em julho de 1976, dois alemães e dois palestinos sequestram um voo saindo de Tel-Aviv e fazem tripulação e passageiros reféns. O avião é desviado para Uganda e o hangar do aeroporto vira cenário para dramáticas discussões, incluindo o tratamento dado aos judeus do grupo e o destino da operação, montada para libertar presos políticos palestinos em Israel, na Alemanha e na Suécia. Enquanto negocia, o governo israelita monta uma força-tarefa para libertar os reféns. https://www.youtube.com/watch?v=raJNjSSqHxc Outro filme que entra em cartaz e que também tem um fundo verídico é “Exorcismos e Demônios”. O filme parte de um caso ocorrido numa vila da Romênia em 2004, quando uma freira morreu durante uma sessão de exorcismo e o padre responsável por ela foi preso por assassinato. A partir das investigações de uma repórter, a trama tenta desvendar o que se passou, e é claro que o sobrenatural está a espreita em todo canto. https://www.youtube.com/watch?v=SJzPTSvqKrQ