O filme Almofada de Penas, animação em stop motion que teve sua produção desenvolvida em Florianópolis, foi selecionado para participar do Festival Internacional de Cinema de Animação de Annecy.

O evento é considerado o maior e mais importante festival de animação do mundo e será realizado de 11 a 17 de junho na França.  O curta, que tem 12 minutos, é o único filme catarinense selecionado para o festival, exatamente no ano em que o Brasil será homenageado por suas animações.

O projeto para a criação do filme Almofada de Penas começou como tese do diretor Joseph Specker Nys no curso de design gráfico na Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc).

Foi lá que nasceu o roteiro e foram feitos os primeiros estudos sobre impressão 3D e sistemas de expressões para os futuros bonecos da animação. Trata-se de uma adaptação do conto “El Almohadón de Plumas”, do escritor uruguaio Horacio Quiroga, destinada ao público adulto.

O primeiro passo para começar a financiar o projeto foi por meio do crowdfunding, uma forma de arrecadar recursos entre apoiadores pela internet. Esses recursos nos permitiram iniciar estudos relacionados a bonecos, cenários e expressões.

Posteriormente, o projeto foi contemplado no programa Rumos Itaú Cultural 2013/14, entre mais de 15 mil projetos inscritos. A produção do curta-metragem foi concluída em janeiro de 2018. Foram necessários aproximadamente dois anos de conclusão e mais de seis anos desde a sua concepção.

No Festival de Annecy, o filme estará na seleção oficial de curtas “Perspective”. O júri para este prêmio será composto por três jovens estudantes de arte.

A estreia mundial acontecerá na França no Festival de Annecy esta semana, e a estreia nacional acontecerá no maior festival de animação da América Latina, o Festival Anima Mundi, de 24 a 29 de julho no Rio de Janeiro e 1 a 5 de agosto em São Paulo.

Peças como cenários, bonecos, moldes e figurinos utilizados durante as gravações estão expostas desde o dia 22 de março no Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS/SC), na capital.

A mostra, que segue até 17 de junho, já recebeu a visita de cerca de três mil pessoas. A pré-estreia do filme foi realizada junto com a abertura da mostra, em três sessões na Sala de Cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC).

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?

Região de Jaraguá do Sul - Clique aqui

Região de Joinville - Clique aqui

Região de Florianópolis - Clique aqui