Festival Nacional de Cinema de Jaraguá do Sul retorna em sua sétima edição com foco na diversidade

Foto: Divulgação

Por: Isabelle Stringari Ribeiro

18/03/2024 - 14:03 - Atualizada em: 18/03/2024 - 14:35

O Festival Nacional de Cinema de Jaraguá do Sul retorna em sua sétima edição com uma novidade: a temática da diversidade. Entre 12 de março e 30 de abril, interessados podem submeter suas produções por meio da plataforma internacional festhome.com/festivals3591.

Amadores, profissionais independentes ou não, produtoras e estudantes de todo o Brasil podem participar, com produções de longas-metragens, médias, curtas e videoclipes, sem limitação de tempo e temáticas, e com produções a partir de 2020. O evento será realizado de 10 a 13 de outubro, com transmissão pelo youtube.com/cinemajaraguadosul e contará com a participação de convidados nacionais e internacionais.

Nesta edição, o festival busca destacar profissionais, estudantes e entusiastas do audiovisual, proporcionando um ambiente inclusivo para produções de diversos formatos, sem restrições temáticas.

A inclusão da temática da diversidade reflete o compromisso do festival em celebrar a multiplicidade de vozes e perspectivas presentes no cinema brasileiro contemporâneo e internacional. Segundo Isaac Huna, organizador e fundador do festival, “amadores, profissionais independentes, produtores e estudantes são convidados a participar e contribuir para a riqueza do evento. O intuito do festival é ser democrático e abarcar todos os tipos de produções nacionais”.

Foto: Divulgação

A seleção dos filmes para a mostra competitiva será divulgada em 11 de julho, oferecendo aos participantes a oportunidade de terem seus trabalhos reconhecidos e apreciados por um público diversificado. As cerimônias de abertura e encerramento serão realizadas presencialmente em Jaraguá do Sul, com transmissão ao vivo pelo canal do festival, garantindo acesso a uma audiência global.

Desde sua criação em 2017, o Festival de Cinema de Jaraguá do Sul tem como objetivo promover a região de Santa Catarina como um polo de entretenimento e audiovisual no Brasil, além de fortalecer as produções nacionais. O evento é impulsionado por equipes dedicadas e voluntárias, com apoio da iniciativa privada e de diversos setores da economia e da cultura.

Em 2023, o festival conquistou o 4º lugar no Prêmio Catarinense de Cinema – Edição Especial Lei Paulo Gustavo, elaborado pela Fundação Catarinense de Cultura – FCC. Isaac Huna destaca que “conquistar esse lugar nos mostra que estamos no caminho certo. Há sete anos trabalhamos por amor à arte e ao cinema, com o intuito de promover e fomentar o mercado audiovisual do Estado e os profissionais da área”.

A sétima edição do Festival de Cinema de Jaraguá do Sul é realizada pelo Instituto CAI (Centro das Artes Integradas) de Jaraguá do Sul e pela S&H Entretenimento, com a coordenação da Comissão Organizadora formada por Isaac Huna, Daniel Maffezzolli, Maril e Omar Forte, Luciane Toledo e Jo Rauen.