A Festa das Flores 2017 levou para o Complexo Expoville, entre os dias 14 de novembro até o encerramento da maior festa de Joinville, neste domingo (19), a estimativa de 84 mil visitantes. A quantidade representa 5% a mais do que no ano passado, que foi de 80 mil. Durante os seis dias do evento, o público pôde admirar o cenário da temática “Jardins do Futuro”, que transformou o pavilhão de exposições um imenso jardim, com a presença de quase cinco mil flores. O presidente da Agremiação Joinvilense dos Amadores de Orquídeas (AJAO), James Hasselann, destacou a integração da entidade e a participação da Prefeitura de Joinville, que são as organizadoras do evento, que resultou num encantamento por parte do público. “Foi uma festa que destacou pela qualidade das plantas e flores, coragem e integração de todos os envolvidos na organização. Os expositores ficaram satisfeitos e o resultado mostra a grandeza desta festa. Estou muito feliz”, disse o presidente. A comercialização de flores e demais produtos oferecidos nas feiras, que contou com 150 expositores, teve um resultado previsto de 20% superior ao ano anterior. A boa presença de público foi bem elogiada pelo expositor e comerciante de flores Denis Roberto Álvares, de Jundiaí (SP). É a sétima vez que ele participou da Festa das Flores e ressaltou como ótimo o resultado. “A qualidade das plantas foi muito boa esse ano. O público correspondeu a isso e tivemos um resultado melhor do que ano passado. Eu comercializei todo o estoque que trouxe e tive que repor. Foi excelente”, destacou. O secretário de Turismo e Cultura de Joinville, Raulino Esbiteskoski comemorou o movimento de público e a satisfação dos expositores. “Foi uma excelente Festa das Flores. O público saiu muito satisfeito com que encontrou e quem veio comercializar saiu daqui muito contente com os resultados. Joinville ganhou muito com esse evento, que cada vez mostra grandeza e qualidade na organização”, falou. O tema da próxima Festa das Flores para 2018 já foi escolhido. Será o “Maravilhoso Mundo das Flores – 80 Anos de História”. A proposta vai evidenciar as oito décadas de realização do maior evento turístico de Joinville. “Será um desafio muito nobre e bastante estimulante para a Prefeitura e a AJAO fazer mais um grandioso evento para atender a expectativa de quem vem nos prestigiar”, ressaltou Raulino Esbiteskoski. *Com informações da Prefeitura de Joinville