O maior festival-escola internacional do país, o Femusc, que ocorre em Jaraguá do Sul, vai ampliar as atividades de formação com um projeto educacional que prevê a capacitação de mais de 5 mil músicos do Brasil e do exterior em 2022.

O novo curso on-line, que está previsto para ser lançado em maio de 2022, terá turmas de Master Classes Instrumentais, Bootcamp Violinos e Quartetos.

As aulas serão disponibilizadas por plataforma digital e a produção do conteúdo das disciplinas ficará sob responsabilidade de grandes nomes da música, assim como já acontece de forma presencial no próprio festival, há 17 anos.

A expectativa com o novo formato é a de que a experiência Femusc, já reconhecida internacionalmente, possa ser vivenciada o ano todo.

O presidente do Femusc, Ary Pradi, explica que o programa vai ao encontro do principal objetivo do evento, que é popularizar e democratizar o acesso à música clássica no país.

“O Femusc coleciona números históricos e, nestas 16 edições já realizadas, mais de 10.700 alunos de quase 40 países participaram das oficinas e apresentações com mais de 700 mil espectadores nos mais de 2 mil concertos ofertados. Esses dados nos capacitam para este novo desafio que vai se somar às edições anuais."

Foto: Divulgação/Femusc.

A ideia sobre a criação do curso nasceu em 2019, com o desafio de figurar entre as principais iniciativas de capacitação artística do país, a partir de uma parceria com a Funarte, ligada à Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, e com a Associação da Fortaleza de São João (AFSJ), uma entidade da sociedade civil que apoia ações de interesses da sociedade civil e militar.

Para o diretor de Música da Funarte, Bernardo Guerra, o Femusc é o principal exemplo brasileiro de capacitação artística a replicar o conteúdo das aulas em formato digital.

"Esse intercâmbio cultural internacional, trazendo músicos consagrados, regentes de renome para capacitar músicos do Brasil e para formar simpósios, fóruns, é muito importante", diz Guerra.

"A gente vem construindo essa parceria há praticamente dois anos e queremos estreitar mais esse laço para levar esse modelo de gestão musical do Femusc para todos os estados do Brasil", completa.

O presidente da Associação da Fortaleza de São João, coronel Luiz Alberto Rolla, comemora a iniciativa.

“Temos o compromisso de transformar o projeto em um megaevento de cunho cultural nacional”, afirmou o presidente da AFSJ.

“Nossa expectativa é que o festival seja replicado em todas as regiões e estados brasileiros", concluiu.

Até março de 2022 será divulgado o calendário de capacitações. O curso on-line será composto por master classes com vagas interativas e de ouvintes. As capacitações serão realizadas de forma hibrida, ao vivo e gravada.

17ª edição do Femusc

A Semana de Arte Moderna e o bicentenário da Independência serão os destaques da 17ª edição do Festival Internacional Femusc.

Foto: Divulgação/Femusc.

O evento, que retorna ao formato presencial, com respeito às normas sanitárias de combate à Covid-19, terá 46 apresentações abertas ao público no Auditório do Centro Cultural Scar. Todas as principais apresentações serão transmitidas ao vivo pelo YouTube, em alta definição.

A programação do Femusc 2022, focada nas datas históricas brasileiras, contará com apresentações, por exemplo, do Hino da Independência do Brasil com canto acompanhado apenas pelo cravo como instrumento musical, em referência às apresentações do século 17.

Já em relação à Semana de Arte Moderna, o evento vai homenagear personagens da música brasileira como Pixinguinha, Ernesto Nazaré e Chiquinha Gonzaga, que se destacaram na época com a aproximação da proposta do Modernismo brasileiro.

“Nossa programação é extensa e é fundamental que os músicos, principalmente os estrangeiros, vivam nossa brasilidade. O festival vai muito além das apresentações. Ele reforça nosso orgulho de ser quem realmente somos", diz o maestro Alex Klein, um dos principais oboístas da atualidade, ganhador do “Grammy” na música erudita e idealizador do Femusc.

A 17ª edição acontece de 16 a 29 de janeiro.