Com atuação especializada na área da saúde, o IESC – Faculdade Jangada traz à Jaraguá do Sul uma nova opção de formação para quem deseja aprender mais sobre o corpo humano e suas especificidades. A Faculdade passa a ofertar, a partir do próximo ano, o curso de Biomedicina, graduação que engloba aspectos importantes da saúde como pesquisa científica, atuação laboratorial e reprodução humana, entre outros.
Com cinqüenta vagas abertas anualmente, o curso tem duração de quatro anos e traz um time especializado de docentes para ofertar o que há de mais moderno e atual no setor. As aulas serão realizadas no período noturno e abordarão temas como sistemas fisiológicos do corpo humano, exames laboratoriais, diagnósticos de doenças, epidemiologia, embriologia, biologia molecular e genética, química orgânica e microbiologia.
capa_blog_biomedicina
De acordo com doutora em ciências e professora do curso de Biomedicina do IESC – Faculdade Jangada, Bárbara Yasmin Lopes, o profissional de biomedicina vem para agregar valor ao sistema de saúde, contribuindo para o estudo do corpo humano, o diagnóstico e o tratamento de diferentes doenças e patologias. “Em regiões que crescem rapidamente, como a de Jaraguá do Sul, a demanda por saúde avança de maneira significativa. Por isso, este é um profissional de suma importância no contexto de fortalecer os serviços em saúde”, explica Bárbara, que também é pós-doutoranda do Hospital Israelita Albert Eistein, em São Paulo.
biomedicinal
Dinâmico, o curso de Biomedicina traz um conteúdo balanceado de aulas práticas e teóricas, de forma a suprir toda a demanda por conhecimento dos profissionais que pretendem atuar nesta área. Por meio de laboratórios altamente modernos, o aluno aprende de maneira aprofundada as técnicas de análise e pesquisa que irão permear sua atuação no mercado de trabalho.
img_3354
Laboratório IESC – Faculdade Jangada. Foto: divulgação
“Esta é uma área que cresce rapidamente no País, especialmente do ponto de vista científico. O Brasil tem conseguido se destacar cada vez mais e ganhar espaço internacionalmente com pesquisas bem realizadas, o que mostra a importância de criar mais espaço para estes profissionais, fundamentais para o sistema de saúde”, analisa a coordenadora do curso.

SEGMENTO COM DEMANDA POR PROFISSIONAIS

Segundo o doutor e diretor do IESC – Faculdade Jangada, Pedro de Abreu Gaspar, a região de Jaraguá do Sul é apontada pelo Governo Federal como uma das regiões com maior potencial de crescimento no Brasil para os próximos anos, o que ressalta a urgência por formação profissional na área da saúde. “Temos municípios que juntos somam mais de 200 mil habitantes, que são ancorados por dois grandes hospitais e um serviço de qualidade, mas que tende a exigir uma expansão contínua para acompanhar os avanços econômicos e sociais”, destaca Gaspar.
Mais do que atender à demanda do mercado, o curso também surge para suprir os interesses dos futuros profissionais da região. Conforme Gaspar, pesquisas de mercado realizadas com os estudantes concluintes do ensino médio colocam a área de Biomedicina entre os principais interesses de formação. “Essa formação qualificada vem somente para contribuir com a melhoria do serviço, trazendo novos conhecimentos e novas formas de vislumbrar a gestão da saúde”, afirma o diretor.
img_3357
Laboratório IESC – Faculdade Jangada. Foto: divulgação

INSCRIÇÕES

O curso segue com inscrições abertas até o dia 16 de novembro. Os interessados podem efetuar a inscrição pelo site do IESC – Faculdade Jangada, www.faculdadejangada.com.br, onde também estão disponíveis todos os detalhes sobre o edital de seleção. As aulas terão início em fevereiro de 2017 e será feita apenas uma seleção anual para o curso.
Além da graduação em Biomedicina, a Faculdade Jangada oferece outros cinco cursos na área da saúde: Farmácia, Fisioterapia, Enfermagem e licenciatura e bacharelado em Educação Física. Atualmente, outros três cursos aguardam homologação do Ministério da Saúde. Segundo Gaspar, a proposta é ofertar as novas graduações a partir do próximo ano. A faculdade também se programa para ofertar, a partir de 2018, cursos de mestrado na área da saúde.
...
ARTIGO: Kamila Schneider, para o jornal O Correio do Povo.