Crianças de quatro e cinco anos do Núcleo de Educação Infantil Municipal de Florianópolis Professora Otília Cruz saíram da Coloninha, região continental, e foram até a Barra da Lagoa, na Ilha. Foram conhecer o  projeto Tamar- Programa Nacional de Conservação de Tartarugas Marinhas. A turminha esteve acompanhada  das professoras Juliana Reis e Roseli de Oliveira .

Grupo teve contato com as mais diferentes espécies de tartarugas | Foto PMF/Divulgação

No local, o grupo teve contato com as mais diferentes espécies de tartarugas. Também receberam instruções sobre a importância de descartar o lixo corretamente e os problemas que podem afetar os animais marinhos quando materiais sólidos são jogados no mar.

Projeto Tamar busca minimizar os efeitos predatórios da pesca sobre as tartarugas marinhas | Foto PMF/Divulgaçãp

"Um passeio como esse, torna-se  divertido e educativo, pois  os pequenos aprendem a respeitar ainda mais o meio ambiente e os animais", lembra o secretário de Educação Maurício Fernandes Pereira.

Crianças de quatro e cinco anos do Otília Cruz foram conhecer o projeto Tamar | Foto PMF/Divulgação

O projeto Tamar busca minimizar os efeitos predatórios da pesca sobre as tartarugas marinhas. A base da região de Florianópolis foi instalada em 2005, na praia da Barra da Lagoa. O espaço conta com um centro de visitantes que auxilia no trabalho de educação ambiental.

Crianças do Núcleo de Educação Infantil Municipal de Florianópolis Professora Otília Cruz saíram da Coloninha e foram até a Barra da Lagoa| Foto PMF/Divulgação

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?