Em reunião com o prefeito Dieter Janssen (PP) e o prefeito eleito Antídio Lunelli, o diretor da Estácio de Sá em Santa Catarina, Rafael Villari, confirmou que o grupo está tomando as medidas necessárias para construir a unidade em 2017 e iniciar as aulas em 2018 já ofertando o curso de medicina no município, conforme prevê edital do Ministério da Educação (MEC).
Serão 40 vagas oferecidas no primeiro vestibular. Villari explicou que a intenção da Estácio é fazer em Jaraguá do Sul um centro completo de saúde, com todos os cursos da área, como odontologia, nutrição, enfermagem, fisioterapia e outros. Isso só poderá ocorrer depois de quatro anos da abertura do curso de medicina na cidade, conforme a seleção do MEC. Segundo Villari, terrenos e imóveis prontos estão sendo negociados pelo grupo que conta com 560 mil alunos espalhados pelo Brasil, sendo o segundo maior do país.
A Estácio tem cursos de medicina em três campus hoje, Rio de Janeiro, Ribeirão Preto e Juazeiro do Norte, e foi autorizada a implantar a especialidade em outras quatro cidades. O diretor afirma que a partir de agora pretende intensificar os contatos com a comunidade, incluindo a médica. “Queremos fazer tudo envolvendo  as pessoas daqui. Não queremos trazer pessoal de fora. Em uma cidade com espírito comunitário tão forte como Jaraguá do Sul, nem tem como ser diferente”, disse.
Fonte: OCP Online/Colunista Patícia Moares