O drama sul-africano “Filhos da Tempestade” estreia no Cinema Virtual do Paradigma Cine Arte de Florianópolis | Foto Divulgação
O drama sul-africano “Filhos da Tempestade” estreia no Cinema Virtual do Paradigma Cine Arte de Florianópolis | Foto Divulgação

As narrativas dos filmes de estreia desta semana são para todos os gostos, com drama sul-africano e crime húngaro, o Cinema Virtual do Paradigma Cine Arte exibe “Filhos da Tempestade”, com direção de Fridrikh Ermler e Eduard Ioganson, e “Valan – Vale dos Anjos”, dirigido por Béla Bagota. A programação fica disponível a partir desta quinta-feira (10) até o dia 16 de setembro.

 

Filhos da Tempestade

Filme Filho da Tempestade é ambientado na África do Sul, no século 18 | Foto Divulgação

O drama sul-africano, “Filhos da Tempestade”, é ambientado na África do Sul, no século 18, e narra a vida da adolescente Rachel, de 12 anos, seu irmão Jamie, de 5, e o pai Herman. Cinco anos após a família perder a mãe, eles viajam em busca de uma nova vida para os virgens campos dourados. Durante uma intensa nevasca, Rachel enfrentará seus medos em busca do seu irmão desaparecido na tempestade. O longa soma oito premiações e 10 indicações em festivais internacionais, como Rhode Island International Film Festival, Silkerskerm Festival e South African Film and Television Awards.

Valan - Vale dos Anjos

Valan trata de um crime nas montanhas da Transilvânia | Foto Divulgação

Já na trama de “Valan – Vale dos Anjos”, o policial Peter, investiga o desaparecimento de jovens mulheres em um caso de rede de tráfico sexual, e todos eles despertam lembranças da irmã Juli, desaparecida há mais de vinte anos. Quando um cadáver é encontrado nas montanhas da Transilvânia, ele retorna à sua cidade natal para investigar se é o corpo da irmã. A investigação traz à tona sentimentos obscuros do passado e o enfrentamento com criminosos locais. O crime húngaro foi ganhador de quatro prêmios em festivais internacionais e com 12 indicações, em festivais como Fantasporto, Hungarian, Film Critics Award e Hungarian Film Week.

 

Também em cartaz

Além das estreias, continuam em cartaz os longas que tiveram mais repercussão entre o público, “Sem Perdão”, de Sarik Andreasyan, “Antígona”, Sophie Deraspe e “Snu - A história de amor que mudou Portugal”, de Patrícia Sequeira.

Como comprar e assistir?

  • O usuário deve acessar este site, realizar o cadastro, escolher o filme, selecionar estado, cidade e o Paradigma Cine Arte como rede exibidora. Em seguida, basta efetuar o pagamento com cartão de crédito ou picpay.
  • Os ingressos custam R$ 24,90, com títulos selecionados em valor promocional. Os filmes podem ser assistidos em até três plataformas diferentes, entre celular, computador, tablet e ficam disponíveis por 72 horas.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp