O inverno chegou e com ele um período complicado para os bancos de sangue, pois o registro de doações fica muito abaixo da média. No frio das últimas semanas, quando temperaturas chegaram a zero aqui na região, a queda foi ainda maior.
Mas não é só isso, a vacinação contra a gripe e as enfermidades de inverno são outros fatores que contribuem para essa baixa. Depois de tomar a vacina da gripe, existe um período em que não se pode doar sangue, assim como o tempo de cura das doenças.
Em Jaraguá do Sul, segundo informações do Hemosc, a queda foi de 16% - com cerca de 80 coletas - em relação à média no mês de maio, que foi de 102 coletas por semana. Em períodos de movimento normal, a unidade costuma receber entre 25 e 30 doadores por dia. No município mais de 65% das pessoas são doadores de repetição, ou seja, já haviam doado sangue anteriormente.
Apesar dos resultados positivos na maior parte do ano, Jaraguá do Sul ainda possui índices de doação de sangue abaixo do recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). No ano passado, 2,3% da população jaraguaense doou sangue (3.910 pessoas), enquanto a recomendação da OMS é de que 3% a 5% dos habitantes sejam doadores. Ainda assim, o município está acima da média nacional, que é de 1,9% da população. A expectativa é que este ano passe dos 5 mil.

Doações que aquecem o inverno

Tem gente que, para fazer o bem, não deixa nenhum fator influenciar! Sabendo dessa queda de doações, o Grupo Doutores Sementinhas não quis deixar o Hemosc vazio. No último dia 14 de junho, 10 pessoas do grupo resolveram incentivar a doação. Além de se colocarem como doadores - também com divulgação nas redes sociais -, o ato teve por objetivo promover este nobre gesto e mostrar que é fácil, rápido e muito gratificante ser um doador.
Quem fez os cliques foi a fotógrafa Débora Cunha, que também foi "atingida" pelo espírito solidário e aderiu a causa em prol da vida. ;)

Como doar?

Tempo: para doar sangue, uma pessoa leva em média 50 minutos, entre os processos de cadastramento, exames e coleta. Só a retirada do sangue leva entre cinco e 12 minutos.
Quantidade de sangue: cada pessoa pode doar uma bolsa por vez, que varia entre 420 e 470 ml, quantidade que não ultrapassa 10% do volume do corpo e não é prejudicial ao doador.
Frequência: os homens podem doar sangue quatro vezes por ano e as mulheres três.
Agende para doar: em Jaraguá do Sul, os agendamentos são feitos diariamente, das 7h às 11h30, sendo que são atendidas até 30 pessoas por dia.
Você sabe se pode ser um doador? No site do Hemosc, é possível conferir as restrições e condições para efetuar uma doação, acesse este link e saiba mais.
Fonte para os dados: OCP Online