"A Netflix está dando um ano de assinatura grátis!" Se por esses dias você receber essa mensagem pelos grupos de WhatsApp com uma promessa de 1 ano de acesso gratuito à Netflix, não clique. Esse é o mais novo golpe que cibercriminosos têm usado para driblar a segurança e infectar Smartphones e Tabletes para roubar dados de usuários brasileiros.
Uma coisa que esses golpes sempre têm em comum é o tema: algo de interesse dos usuários ou que está em evidência, que faz você clicar sem pensar duas vezes. E desta vez os bandidos jogaram baixo.
O golpe é disseminado majoritariamente por WhatsApp e foram muitos os relatos de recebimento da mensagem de contatos conhecidos nos últimos dias.
Já viu em algum dos seus grupos ou vindo de um amigo?
08083223181017
Nem precisa dizer que o site não pertence ao serviço de streaming (note o domínio ".vip") e que a página é clássico caso de phishing, maquiando um golpe com a aparência da página original da empresa.

Bom demais para ser verdade

Especializado em desmontar mentiras da internet, o site E-Farsas foi a fundo para descobrir até onde vai o esquema e o que você pode perder com isso. Para começar, ao clicar na mensagem de WhatsApp, você ainda não é infectado nem nada: o site finge que coloca você em uma fila para ganhar a promoção e usa um plugin que rastreia a sua localização, tentando dar ar de importância e veracidade à página.
08083317275018
Aí começa a sacangem: para ativar a suposta promoção, você precisa compartilhar o site com dez amigos ou grupos de WhatsApp — o que ajuda a espalhar o golpe.
A parte criminosa só começa mesmo se você insistir em clicar no botão "Ativar conta Netflix", pois isso faz o usuário ser direcionado para outra promoção (que não é nem a mesma!), desta vez exigindo um cadastro.
08083327072019
É neste momento que você fornece telefone e número do cartão, por exemplo, ficando refém dos bandidos. O esquema é parecido com o golpe de temas de futebol que apareceu há algum tempo também para o mensageiro.
Fique atento, viu? Os criminosos não descansam e a todo momento tentam enganar a nós, meros internautas desse mundo da web.
Fontes: Tecmundo e AgoraMT