O principal objetivo da Schützenfest é resgatar a cultura germânica, e um dos exemplos disso são os grupos folclóricos, que trazem a tradição e alegria do interior jaraguaense para toda a cidade.

Na tarde desta quinta-feira (15), foi a vez das crianças mostrarem que a cultura estará preservada por muitos anos.

Nos 11 dias da 30ª Festa dos Atiradores, 12 grupos folclóricos vão se apresentar no Parque Municipal de Eventos. O Grupo Folclórico Grünes Tal está inserido em cinco modalidades, e na tarde do feriado da Proclamação da República foi a vez das crianças de 11 a 13 anos colocarem um sorriso do rosto da gigantesca plateia que se formou no pavilhão B.

Quando as 16 crianças terminaram as quatro danças programadas, reuniram-se no pavilhão e bastava olhar para a expressão no rosto delas para ver a felicidade que os cercavam.

Foto Eduardo Montecino/OCP News

Julia Hornburg, de 11 anos, comenta que eles ficaram dois meses ensaiando para esse momento, que foi recompensado com uma grande apresentação. "A dança é uma maneira de unir as pessoas e manter viva a tradição alemã", relata.

Grande parte dos grupos folclóricos surgem no interior do município, o Grünes Tal, por exemplo, vem da escola João Romário Moreira, que fica no bairro Rio Cerro II.

Alice Pagel, de 42 anos, mãe de uma das integrantes do grupo, veio de Blumenau e conta que a tradição jaraguaenses explora mais regiões do que sua cidade natal.

"Aqui o interior tem voz, enquanto em Blumenau os grupos são formados nos grandes centros", relata.

De Pernambuco para a Schützenfest

Quem disse que todos os amantes da Schützenfest foram criados em um ambiente que respira a cultura germânica? Carregando seus copos de chope, os amigos Francisco Rodrigues, de 29 anos, e Antonio Souza Lima, 30, mudaram-se de Recife para Jaraguá do Sul em 2017 e se apaixonaram pela Festa dos Atiradores.

Ambos contam que ficaram encantados com a preservação da cultura alemã, com os shows e com a segurança que a festa proporciona aos visitantes.

Mas, tem um detalhe específico que sempre os faz voltar à Schützen: "O chope é fantástico, nunca tomei algo igual. O Parque de Eventos está se tornando pequeno para a festa", enfatiza Lima.

Edição especial faz vendas aumentarem

Suvenir, roupas típicas, chapéus e copos de chope. A variedade do estande da loja típica alemã montada no Parque de Eventos vem chamado atenção dos visitantes.

Segundo a gerente Kathia Kaht, de 35 anos, as vendas aumentaram 30% em relação a 2017. "Já vendemos entre 50 a 60 mil unidades esse ano", ressalta.

Kathia diz que o diferencial foi vestir as rainhas, fazendo que os participantes da festa vissem o estande com outro olhar.

Ela também ressalta que o público é bem variado, e desde crianças até idosos compram na loja. "Tá muito bacana, o público está realmente querendo entrar na tradição germânia", frisa.

Sexta é dia da escolha das majestades

O grande destaque desta sexta-feira (16) será a escolha do trio de realezas da 31ª Schützenfest, que serão conhecidos a partir das 21h.

A programação também conta com a especial condecoração das 29 rainhas da história da Festa dos Atiradores. As bandas Tropical Band, Cruzeiro e Herr Schmitt animam os visitantes até às 4h.

 

Quer receber as notícias do Por Acaso no WhatsApp? Clique aqui!