A Convenção Internacional de Tatuagem vai deixar de ser de Joinville para ser do mundo. A mudança de ares acontece na sexta edição deste que é o segundo maior evento brasileiro na área, marcada para de 7 a 9 de setembro.

E a primeira parada desta fase itinerante é o kartódromo do Parque Beto Carrero, em Penha, onde até show do Sepultura (foto) vai rolar.

Os planos de modificar os rumos do evento já vinham antes mesmo da edição do ano passado, na Expoville. Segundo o realizador, o tatuador Sandro Maga, o formato estava saturado.

Além disso, havia pouco apoio da Prefeitura e as taxas de locação dos espaços são muito altas. Para completar, o público vinha caindo ano a ano – em 2017, foram cerca de seis mil pagantes.

“Nas últimas três edições eu tive que tirar do bolso, ainda estou pagando”, lamenta.
Assim, a ideia de Maga é a cada dois anos realizar a convenção numa cidade diferente, atendendo a públicos distintos mas com os parceiros de sempre. Nesses intervalos, o evento aconteceria em Joinville.

Nada, porém, é totalmente certo, a não ser que a edição de 2018 será no Beto Carrero. Em função do espaço disponível, será um pouco menor, com cerca de cem estandes e 200 tatuadores.

Não faltarão, porém, as atrações de praxe, como o Musa Tattoo, exposição de carros antigos, shows – o do Sepultura está marcado para o sábado, dia 8 - e até concurso de bandas.

No dia 10 de agosto, acontece o lançamento oficial do evento no Didge de Balneário Camboriú.

-

Quer receber as notícias no WhatsApp?