Mal os portões se abriram e a família Schinke já estava à postos, dentro do Parque Municipal de Eventos, para curtir a 29ª Schützenfest, que teve início ontem. Frequentando a festa desde a infância – com a lembrança da primeira experiência ainda fresca na memória – a secretária Deise Schinke agora encara os dias de Schützen muito bem acompanhada: rodeada de amigos, do marido Douglas Schinke e do filho Dian Miguel, de cinco anos. Veja também: Confira a programação da Schützenfest Devidamente trajado, o trio integra o grupo folclórico Grünes Tal e no primeiro dia participou da cerimônia de abertura, ao lado das majestades do tiro e integrantes de sociedades de tiro, realezas da festa e outros grupos folclóricos. Para Deise, que há cerca de 26 anos dança, a festa é uma vitrine para a tradição alemã. “É uma grande oportunidade para todos os grupos mostrarem seus trabalhos e também mostrarmos para as crianças os costumes deixados por nossos antepassados”, afirma. Ela e o marido desde os primeiros meses incentivam Dian a cultivar as tradições. “É um orgulho ver que ele adora, se sente bem”, completa.
Deise, Dian e Douglas | Foto Eduardo Montecino/OCP
A família Schinke estava entre as centenas de pessoas que lotaram o parque para o primeiro dia de Schützenfest que, como manda a tradição, teve a sangria do primeiro barril de chope e o primeiro tiro disparado. Segundo o prefeito Antídio Lunelli, que encara sua primeira Schützenfest à frente da administração municipal, a expectativa é de que 85 a 90 mil pessoas circulem pela festa. “É uma festa muito bem organizada, toda a equipe de servidores e voluntários trabalhou para deixar o Parque Municipal muito bonito e as expectativas são as melhores possíveis”, afirma. A secretaria de cultura, Natália Petry, encarou a abertura como o “pontapé inicial de um sucesso de onze dias”. “Esse é também um momento de agradecimento pois há muitas mãos envolvidas nesse evento, em sua maioria mãos voluntárias, o que torna tudo ainda mais especial”, defende. Ela acredita que essa edição será de “superação em números, entretenimento e em satisfação do público”.
Visitantes podem desfrutar da gastronomia germânica e bebidas | Foto Eduardo Montecino/OCP
Diariamente, a festa conta com marcha das majestades, apresentações de grupos folclóricos de dança e também show de bandas típicas alemãs. Os visitantes também podem desfrutar da gastronomia germânica, bebidas e atirar nos estandes de tiro e arco e flecha. Além da programação no Parque Municipal de Eventos, a festa conta com dois desfiles das sociedades e grupos folclóricos, nos dias 12 e 19, às 10 horas, na rua Walter Marquardt. Leia mais: Tudo pronto para a 29ª Schützenfest. Confira os preços e divirta-se! ALEGRIA CONTAGIA ATÉ OS PEQUENOS Se crianças são conhecidas pela sinceridade e espontaneidade, as pequenas dançarinas do grupo Sünnros, do Colégio Evangélico, deixaram claro: a partir de ontem, os dias tem que ser de muita alegria. O quarteto formado por Isadora, Alice, Giulia e Drielly se esbaldou em frente ao palco ao som de uma banda típica e entrou no clima da Schützenfest.
Isadora (óculos), Alice Seitler, Drielly e Giulia | Foto Eduardo Montecino/OCP
Para a mãe de Alice, Luciana Seitler, é uma satisfação ver a alegria das meninas ao participar da festa. “A Alice estava toda ansiosa para vir hoje na abertura e no domingo ela dança, então está super contente”, conta. A menina, que tem sete anos, dança há três anos e é na festa que aproveita para apresentar ao público o que vem aprendendo. “É importante para darem sequência à tradição e ainda na nossa festa, que pode ser aproveitada por toda a família”, defende. Confira o vídeo com os melhores momentos do primeiro dia de festa: https://www.facebook.com/ocorreiodopovo/videos/1733753143303129/ VEJA TAMBÉM Rede OCP entra no clima da Schützenfest - Notícias, informações e caderno especial OCP sobre a Schützenfest