Conheça o turismo de aventura em Santa Catarina

Foto: Natural Extremo/Divulgação

Por: Isabelle Stringari Ribeiro

13/05/2024 - 14:05 - Atualizada em: 13/05/2024 - 14:41

Para os amantes de adrenalina e contato próximo com a natureza, o turismo de aventura surge como uma excelente opção. Santa Catarina, um estado repleto de paisagens e culturas distintas, oferece diversas oportunidades para desfrutar dessa emocionante experiência.

Além das praias serenas no verão e dos aconchegantes chalés, onde os visitantes aguardam ansiosamente pela neve no inverno, Santa Catarina apresenta uma variedade de atrações para aqueles que buscam desafios e atividades diferentes da rotina, durante todo o ano.

“O estado possui uma diversidade geográfica e cultural extraordinária. Enquanto o litoral catarinense já é reconhecido como um atrativo turístico robusto, você pode imaginar o Morro da Igreja, em Urupema, na Serra, onde é possível alcançar quase 2 mil metros de altitude e encontrar neve”, destacou Luiz DelVigna, diretor-executivo da Associação Brasileira das Empresas de Turismo de Aventura (Abeta).

O que você precisa saber antes de começar a sua aventura?

Antes de se aventurar, é crucial estar ciente dos riscos envolvidos. “Está previsto na lei geral do turismo que o turismo de aventura implica risco de vida. Porque a gente pressupõe existência de risco”, afirmou o diretor-executivo da Abeta.

“Para isso, a gente admite que tem perigo e toma todas as providências para minimizar”, acrescentou.

Para evitar acidentes, Vigna recomenda cautela ao escolher com quem realizar as atividades.

“O mais importante é consultar um profissional, contratar uma empresa profissional”, enfatizou.

Além disso, é fundamental ter cuidado ao tirar fotos, especialmente selfies. (Veja orientações dos bombeiros sobre isso no final da reportagem).

Urubici

Tirolesa por cima da Cascata do Avencal

Os aventureiros têm a oportunidade de atravessar por cima da Cascata do Avencal, a uma altura de 120 metros, por meio de uma tirolesa. Esta aventura emocionante atinge velocidades de até 30 km/h.

Como chegar: A atração está localizada dentro do Parque Mundo Novo, a apenas 15 minutos do centro da cidade, no km 34 da SC-110.

Requisitos: Os participantes devem ter uma idade mínima de 3 anos e um peso máximo de 105 quilos. Crianças com até 8 anos de idade só podem realizar a atividade se estiverem acompanhadas por um adulto pagante.

Quanto custa: O preço varia de R$ 90 a R$ 100.

Empresa que oferece a atividade: Natural Extremo.

Foto: Natural Extremo/Divulgação

Tirolesa de bicicleta por cima da Cascata do Avencal

Os aventureiros têm a oportunidade de atravessar de bicicleta por cima da Cascata do Avencal, a uma altura de 120 metros. Surpreendentemente, não é necessário saber andar de bicicleta para desfrutar dessa atração.

Como chegar: A atração está localizada dentro do Parque Mundo Novo, a apenas 15 minutos do centro da cidade, no km 34 da SC-110.

Requisitos: Os participantes devem ter uma idade mínima de 12 anos, uma altura mínima de 1,5 metro e um peso máximo de 105 quilos.

Quanto custa: O preço da atividade é de R$ 200.

Empresa que oferece a atividade: Natural Extremo.

Foto: Natural Extremo/Divulgação

Santo Amaro da Imperatriz – Grande Florianópolis

Voo de parapente no Morro do Queimado

O voo livre com parapente é um esporte radical que envolve decolar do topo de uma montanha usando correntes de ar ascendentes. No Morro do Queimado, em Santo Amaro da Imperatriz, os praticantes podem realizar o voo a partir de uma altitude de 620 metros. Durante o passeio, é possível desfrutar de uma vista panorâmica do litoral e da Serra Geral de Santa Catarina.

Como chegar – o Morro do Queimado fica em Santo Amaro da Imperatriz. Dentro do município, é preciso pegar a Rua Mauri Josino de Campos e continuar o trajeto para chegar ao morro.

Requisitos – qualquer pessoa que goste de altura pode participar

Quanto custa – R$ 450, com serviço de fotos incluso

Empresa que oferece a atividadeApuama Rafting

Foto: Apuama Rafting/Divulgação

Águas Mornas – Grande Florianópolis

O rapel é uma atividade que envolve a descida de cachoeiras e grandes pedras utilizando uma corda de segurança. Em Águas Mornas, os praticantes podem desfrutar dessa experiência na Cachoeira do Rio do Salto, situada em meio à Mata Atlântica preservada. Esta impressionante queda possui uma altura de 95 metros.

Como chegar – a empresa fica na Rodovia Princesa Leopoldina, 1900. É preciso ir pela BR-282 e entrar na Rodovia Princesa Leopoldina depois do Centro de Santo Amaro da Imperatriz.

Requisitos – idade mínima de 15 anos. Adultos com peso máximo de 120 quilos.

Quanto custa – R$ 350

Empresa que oferece a atividadeApuama Rafting

Foto: Reprodução

Vale do Itajaí

Cicloturismo pelo Vale Europeu

O roteiro abrange sete dias de pedaladas, totalizando 287 quilômetros. O percurso destaca estradas de terra e atravessa nove cidades do Vale Europeu, proporcionando uma variedade de geografia e paisagens ao longo do caminho. O destaque da experiência é o contato com a natureza e a imersão na cultura local, tornando-se os principais atrativos para os visitantes que exploram a região. A bicicleta está inclusa no passeio.

 

Foto: Ativa Aventuras/Divulgação

O Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina divulgou dicas de segurança para tirar selfies:

– Conheça o terreno: Familiarize-se com obstáculos, terrenos acidentados e possíveis áreas de risco.
– Mantenha uma distância segura: Evite ficar muito próximo de penhascos, cachoeiras e barrancos. Não se incline ou apoie em barreiras frágeis em busca do ângulo perfeito.
– Evite condições climáticas adversas: Não tire fotos durante tempestades, ventos fortes ou em terrenos escorregadios.
– Respeite os sinais de perigo: Se uma área estiver sinalizada como perigosa ou restrita, siga as indicações e evite tirar fotos nesse local.
– Use calçados adequados: Utilize calçados que proporcionem melhor aderência e estabilidade em terrenos irregulares.
– Em caso de emergência, chame os bombeiros pelo telefone 193.

Notícias no celular

Whatsapp