O cinema está ganhando um espaço mais que especial esta semana em Jaraguá do Sul. Além da pré-estreia do novo Piratas do Caribe, começou no domingo (21), o Circuito FAM de Cinema. O evento exibe os filmes Vencedores do 20º Florianópolis Audiovisual Mercosul, o maior e mais antigo festival de cinema de Santa Catarina.
Nesta edição, o Sesc é parceiro do Circuito e 20 unidades do Estado recebem a programação. Clique para ver o evento no Facebook. A entrada é gratuita, mas é necessário chegar mais cedo para garantir o ingresso antes de lotar a sala de cinema.

Veja a programação:

Segunda-feira (22) - 20h - Olhar de Nise
De Jorge Oliveira e Pedro Zoca. Ao sair da prisão política, a jovem psiquiatra Nise da Silveira volta ao Hospital Psiquiátrico no subúrbio do Rio de Janeiro, se recusa a usar o choque elétrico e adota a arte terapia para tratar seus pacientes. As obras dos talentosos artistas que encantam C.G. Jung são expostas na Europa e dão origem ao Museu das Imagens do Inconsciente.
Classificação: 10 anos
Terça-feira (23) - 20h - Ganhadores da Mostra Infantojuvenil
A descoberta na infância passa por muita curiosidade e algumas dificuldades como pode ser visto nos curtas "Melhor som do mundo" e "Meu pequeno herói não sabe voar". Já em "Òrun Àiyé - A Criação do Mundo", nos aproximamos de outro mundo que faz parte dos mitos de nossa criação.
Classificação: Livre
Quarta-feira (24) - 20h - Vencedores da Mostra de Curtas Mercosul e Catarinense
O poeta Chacal apresentado em seu próprio estilo. Os perigos ao meio ambiente estão retratados em “Castillo y el armado” e “Deserto verde”, este última uma produção catarinense. Uma luz de equilíbrio nos dá esperança em “Jasy Porã”, filme que retrata a vida cotidiana da aldeia Mbya Guarani Jay Porã.
Classificação: 12 anos
Quinta-feira (25) - 20h - Vencedores da Mostra de Curtas Mercosul e Catarinense
O grande premiado do 20º FAM e de diversos outros festivais “Rosinha” conta a história de amor que já chegou a terceira idade. Uma comédia com "DEUS" e muita cultura de comunidades nativas em “las musas de pongue” e “Buracão”.
Classificação: 14 anos