A cultura indígena brasileira é o tema de 2018 do projeto Ciranda Sesc, que neste ano circula por 13 cidades de Santa Catarina, com vivências que resgatam as brincadeiras populares e o prazer de brincar de forma simples e espontânea.

Neste domingo (4), às 10h30, a programação acontece no Sesc Prainha, em Florianópolis, com entrada gratuita – um convite para adultos e crianças brincarem juntos.

De 5 a 9 de novembro, as atividades são voltadas para escolas, Ong's, Instituições públicas e privadas já agendadas.

As atividades ficam por conta da trupe “Os Saltimbancos”, que promove uma releitura do acervo de brincadeiras, cantigas e brinquedos que iluminam a infância de diversas gerações de brasileiros.

Neste espetáculo-vivência, as crianças passarão de espectadores a protagonistas, conduzidos pela trupe brincante por três momentos do espetáculo: contação de histórias, confecção de um brinquedo indígena e ciranda com brincadeiras cantadas.

A história que envolve toda a atividade é “O Roubo do Fogo” do livro Contos Indígenas Brasileiros, de Daniel Munduruku.

+ Ciranda Sesc

O Ciranda Sesc é um projeto de destaque na programação recreativa do Sesc em Santa Catarina, cumprindo a importante missão de resgatar as brincadeiras populares do Brasil.

Em 2018 o tema “Brinquedos e Brincadeiras da Cultura Indígena Brasileira” será abordado com sua essência simples e criativa, reafirmando a importância do brincar e do faz de conta para o desenvolvimento infantil e consequentemente para o resgate do lúdico nas famílias.

O Ciranda Sesc já está em sua 11ª edição e este ano já passou por Chapecó, Criciúma, Jaraguá do Sul, Rio do Sul, Lages, Tubarão, Itajaí, Joinville, Brusque, Blumenau e Palhoça. Florianópolis e Concórdia são as próximas cidades a receberem a programação.

Em cada cidade serão 6 dias de apresentações, contemplando sempre um domingo para que a atividade possa ser vivenciada como um dia de lazer para toda a família.

Nos demais dias, o Ciranda ocorre conforme um agendamento prévio realizado com instituições e escolas de cada cidade, podendo ocorrer em escolas públicas, praças, asilos, periferias, instituições de atenção à criança, hospitais, projetos sociais e cidades próximas.

Para saber mais, acesse: https://www.sesc-sc.com.br/site/agenda/ciranda-sesc.

Ciranda Sesc | Foto Divulgação.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?

Quer receber as notícias do Por Acaso no WhatsApp? Clique aqui!