Cidade do Sul de SC lança rotas de cicloturismo para exploração de belezas naturais

Foto: Divulgação

Por: OCP News Criciúma

06/10/2023 - 13:10 - Atualizada em: 06/10/2023 - 13:29

Cocal do Sul, município situado na região carbonífera e lar de mais de 17 mil habitantes, é uma joia escondida com uma abundância de belezas naturais.

Esses tesouros, muitas vezes escondidos no interior da cidade, estão agora acessíveis a ciclistas de todos os níveis, graças a uma iniciativa conjunta da Prefeitura de Cocal do Sul e ciclistas locais.

Esta semana, foi lançada uma série de rotas de cicloturismo projetadas para atrair ciclistas iniciantes, intermediários e avançados. A proposta visa atrair tanto ciclistas locais, quanto visitantes da região.

  1. Rota dos Lagos: Distância: 24,1 km; Elevação: 496 m.
  2. Rota da Mãe Peregrina: Distância: 26 km; Elevação: 574 m.
  3. Rota das 7 Igrejas: Distância: 40,4 km; Elevação: 870 m.

Cada rota foi cuidadosamente planejada e mapeada, oferecendo uma variedade de distâncias e altitudes para atender às diferentes habilidades dos ciclistas.

Além disso, os circuitos prometem proporcionar experiências ciclísticas memoráveis, destacando a beleza natural única de Cocal do Sul e tornando-a um destino imperdível para entusiastas do cicloturismo.

Cada trajeto permite que os ciclistas explorem o interior do município, passando por comunidades pitorescas e desfrutando das vistas panorâmicas.

Todas as rotas começam na Praça Coberta, no coração da cidade, onde uma placa informativa fornece detalhes sobre os trajetos e inclui um código QR que permite aos ciclistas baixar um mapa via aplicativo Strava para facilitar a navegação durante o passeio.

O ponto de partida também serve como ponto de chegada, proporcionando uma experiência conveniente para os ciclistas.

Daniel Fernandes, ciclista e um dos idealizadores do projeto, compartilhou entusiasmo com o feedback positivo recebido até agora.

“Cocal do Sul está se tornando uma referência em rotas de cicloturismo na nossa região devido à placa informativa com recursos de código QR e a facilidade de localização ao longo do percurso. Já estamos recebendo feedback de ciclistas da região que estão fazendo as rotas e aprovando os trajetos”, disse.