Pela primeira vez na história do "Big Brother Brasil", um catarinense chega a ser um finalista à vaga do prêmio de R$ 1,5 milhão no reality. A decisão aconteceu após Alan Possamai vencer a prova do líder na noite da última terça-feira (9).

Com o poder em mãos, o catarinense mandou a polêmica Paula para a berlinda dando a justificativa que ela seria a mais forte do jogo. Em seguida, a sister imunizou Hariany e escolheu Carol para enfrenta-la no paredão.

Natural de Criciúma,  Allan tem 26 anos e é ligado em tatuagens. No início da edição, o brother foi um dos primeiros nomes a serem divulgados. O anúncio do jovem no programa lhe rendeu em apenas 10 minutos mais de 3 mil seguidores no instagram. 

Reviravolta

Uma briga entre duas amigas na noite da última quarta-feira (10), mudou os rumos do jogo. A discussão iniciou quando Hariany criticou  Paula falando sobre o seu comportamento dentro do BB19. "Gosto de você, mas às vezes você fala as coisas sem noção. Você não tem medo de magoar as pessoas", revelou.

A treta rolou durante a madrugada até que em um momento da noite, Hariany perdeu a paciência com a colega e empurrou a sister no chão.

Após analisar as imagens, a TV Globo entendeu que a atitude da participante infringiu uma das regras do programa, sendo pertinente a sua desclassificação.

 

Mesmo com a eliminação da sister, Carol Peixinho e Paula disputaram a preferência do público na noite de quinta-feira (11).  Com 54, 67% dos votos Carol foi a última participante eliminada da casa.

Concorrem ao prêmio final nesta sexta-feira (12), o catarinense Allan e Paula. A grande final do Big brother Brasil vai ao ar depois da novela "O Sétimo Guardião".

 

Quer receber as notícias do Por Acaso no WhatsApp? Clique aqui!