No começo da tarde desta terça-feira (22), a família da menina Ana Beatriz Vargas, de 10 anos, viveu momentos de tensão. Ao procurar pela filha na saída do colégio no fim da manhã, o pai descobre que ela havia ido embora e que seu paradeiro era desconhecido.

Tomados pela aflição, os pais entram em contato com o 190. O áudio da ligação, divulgado pelo 14º Batalhão, revela a preocupação deles em encontrar a filha.

Assim que a chamada foi encerrada, uma foto é publicada nas redes sociais com a intenção de movimentar a população na busca por Ana Beatriz.

Foto divulgada pela PM nas redes sociais para incentivar a busca por Ana Beatriz | Foto Arquivo Pessoal
Foto divulgada pela PM nas redes sociais para incentivar a busca por Ana Beatriz | Foto Arquivo Pessoal

É neste momento que os jaraguaenses reforçam seu instinto de solidariedade e fazem o que podem para ajudar. Mais de 700 compartilhamentos haviam sido feitos pelos seguidores do 14º Batalhão no Facebook em meia hora.

Pessoas com comércios e residências próximas da escola utilizam as imagens de câmeras de segurança para ajudar nas buscas. As filmagens mostram a menina saindo da escola desacompanhada e vagando pelas ruas.

Quer receber notícias no WhatsApp? Clique aqui.

Após algumas horas de procura, duas ligações são feitas para a Central Regional de Emergências. Duas pessoas relatam que viram uma menina com a descrição de Ana Beatriz andando pelo bairro Vila Nova.

Finalmente encontrada

Atendendo a solicitação da PM, uma das pessoas que avistou a menina volta no caminho na tentativa de reencontrá-la. A intenção seria de acompanhar Ana até a chegada de uma viatura.

No mesmo momento, um tio da menina que mora no bairro saiu às ruas e acabou localizando Ana Beatriz. O reencontro trouxe alívio para a família e também para os jaraguaenses.

Durante todo o tempo, a população de Jaraguá do Sul contribuiu incansavelmente com o compartilhamento da informação nas redes sociais e nos grupos de WhatsApp.

Foi isso que permitiu que a menina fosse identificada nas ruas e que a polícia tivesse mais informações do paradeiro de Ana Beatriz.

No Facebook, o 14º Batalhão agradeceu o engajamento da população.

Obrigado a todos que compartilharam, e a pessoa que ligou para o 190, informando que havia visto a menina próximo da região encontrada. Graças a união das pessoas que a nossa comunidade é fortalecida.

Definitivamente, mais uma prova de como o jaraguaense está engajado em contribuir da melhor maneira com a comunidade.