Em comemoração aos 11 anos e 10 milhões de inscritos do canal Galo Frito, estreia nesta quinta-feira (23), Cuscuzes Apaixonados, uma novela protagonizada por 25 criadores de conteúdo.

A trama conta a história de Gracinha, uma menina do interior que, ao chegar na cidade grande, é atropelada por um empresário dono da Império Cuscuz e vive uma paixão proibida.

A produção foi roteirizada por Mederi Corumbá, Juliana Martins e Tiago Cadore, criadores do Galo Frito, junto com Felipe Flexa e Letícia Dornelles e dirigida por Rodrigo Magal, ex-diretor do Porta dos Fundos. São, ao todos, 13 episódios entre 10 a 15 minutos de duração e que estreiam toda quinta-feira, às 23hs no canal no YouTube do Galo Frito.

O intuito da produção é ser uma metalinguagem e satirizar o próprio formato da novela. A ideia do projeto surgiu como esquete para um canal de TV por assinatura, anos atrás, mas não foi executado até o Galo Frito pensar no novo formato.

Nessa sátira estão incluídos o núcleo pobre, o núcleo rico, o galã, barraco, mistério, a mocinha e outros personagens ou situações comuns à novelas.

Apesar disso, Cuscuzes Apaixonados também tem suas inovações. Os personagens, por vezes, quebram a quarta parede e, inclusive, mencionam que não podem falar palavrão, pois, o YouTube irá desmonetizar o vídeo.

Grande parte da produção foi gravada no YouTube Space, espaço para criadores de conteúdo e com estúdios para gravações no Rio de Janeiro.

A novela também marca uma nova fase do canal. O Galo Frito começou a publicar vídeos de esquetes em 2009, mas em 2014 passou a investir mais fortemente em paródias musicais, o que se manteve até hoje.

Fonte: Meio & Mensagem

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?