Glauber Pereira de Souza trabalha como eletricista na cidade de Sertãozinho, interior de São Paulo. O que diferencia ele da maioria das pessoas é que ao invés de usar seu tempo livre para fazer coisas para si mesmo, ele resolveu construir cadeiras de rodas para que animais deficientes possam voltar a se locomover.
cadeira de rodas pet 2
Foto: Divulgação
Tudo começou numa conversa informal com uma amiga que estava à procura de uma cadeirinha para sua cadela. A cachorrinha não podia andar e a amiga de Glauber só encontrava produtos muito caros. Comovido, ele entrou na internet, pesquisou alguns modelos, tirou as medidas do animal e fez a estrutura da cadeira usando tubos de PVC e barras de alumínio.
Nascia ali a Assistência para Locomoção de Pets em Geral, um projeto social que aceita encomendas de cadeiras a partir de uma página no Facebook (clique aqui) e cobra apenas a matéria-prima dos interessados.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Atualmente, Glauber tem construído as cadeirinhas usando materiais como alumínio e nylon. O custo depende do tamanho do pet, mas vai de R$18 a R$100, ou seja, bem mais em conta. O prazo de entrega costuma ser de até 15 dias, dependendo da disponibilidade de tempo livre do eletricista.
Fonte: Catraca Livre