Um ano atrás, a cena musical de Joinville ganhou um nome para representar o folk rock. Com a Cachorro do Mato, a cruza de guitarras com virtudes acústicas e melodias rurais chegou sutilmente aos ouvidos do público, que abraçou o projeto encabeçado pelo músico Jeancarlo Reek (também da Somecents, Carbonarantes e Bendito Bem).

Como que para celebrar, a banda – completada por Juninho (guitarra), Fagner (baixo) e Gabriel Coelho (bateria) – faz nesta quarta (21) um show especial no belo Teatro CNEC, às 20h. Rodeado de amigos e com um repertório formado por músicas do EP já lançado, faixas tocadas ao vivo mas não gravadas e outras completamente novas.

"Os sons continuam na mesma pegada folk, mas com uma influência mais rock nas guitarras. Além disso, vale ressaltar que a Cachorro passou de um projeto para uma banda fixa. Assim, a diversidade sonora ficou mais rica com a contribuição de quatro pessoas", adianta Jean.

Quanto aos convidados, ele diz que a ideia foi chamar influências, gente com quem já tocou e nomes contemporâneos da cena joinvilense. Assim, se revezarão no palco Marcelo Rizzatti (Os Depira), Hesséx (Sylverdale, Uhul), Vitor Torres (ex-Reino Fungi), Carolina Luz, Jesus Luhcas, Natana Alvarenga (Napkin), Guilherme Gonçalves e Janaina Ribeiro Kraus. Uma constelação, em se tratando da música local.