Foto Divulgação Budweiser
Foto Divulgação Budweiser

Nos anos 1950, ou a era de ouro da publicidade nos Estados Unidos, grande parte das marcas, se não todas, eram extremamente machistas e reproduziam o cotidiano da época. Isso inclui a marca de cerveja Budweiser, que agora em 2019, recria essas propagandas de outra forma.

Os anúncios daquela época eram todos no estilo american way of life - modo de vida americano - com autos padrões econômicos e mulheres sendo submissas aos maridos, no caso da marca de cerveja, criada em 1876, os homens estavam sempre sendo servidos pelas esposas.

Agora em 2019, a Budweiser recria essas propagandas de outra forma, completamente diferente das dos anos 50. Essa nova campanha é uma parceria com a #SeeHer, que tem o objetivo de reduzir os estereótipos das mulheres na publicidade.

As recriações foram feitas com o olhar das artistas Heather Landis, Nicole Evans e Dena Cooper. Com esta campanha abordando temas contemporâneos a marca tenta trazer seu nome de volta para o "top 3" das marcas de cerveja mais vendida nos EUA.

Veja os cartazes originais e suas recriações

Foto Divulgação Budweiser

O anuncio de 1956, dizia que a mulher havia casado com dois homens, pois o marido sempre tem o "eu interior" e que ela deveria agrada-lo com uma Budweiser. Na imagem, a mulher espera seu marido que chegava de viagem, de grinalda.

Já na recriação deste ano, o anuncio diz "ela descobriu que tem tudo". Desda vez quem fica na espera são as amigas da mulher, que estão no bar.

Foto Divulgação Budweiser

Neste cartaz de 1958, o slogan era “Onde há vida, há Bud”, e como é possível ver na imagem, o homem martela enquanto a mulher serve sua cerveja. No anuncio de 2019, a frase continuou a mesma, porém a imagem traz igualdade. Os dois tomam cerveja juntos.

Foto Divulgação Budweiser

Em 1962, a marca criou este cartaz em que a esposa prepara o jantar para seu marido que trabalha fora. E agora em 2019, ela toma sua cerveja com comida chinesa e um cachorro, já que nem tudo se resume a casamento.

Esses cartazes foram recriados em homenagem ao dia da mulher, mas a campanha da #SeeHer ainda ta rolando por ai e você também pode participar! É só postar uma foto e colocar a hashtag.

Fonte: Exame

 

Quer receber as notícias do Por Acaso no WhatsApp? Clique aqui!