A empresa O Boticário emocionou a internet com uma história que ganhou as redes essa semana. O fundador da empresa, Miguel Krigsner, recriou uma fragrância de um perfume que já estava fora de catálogo após ficar sabendo da história de Wanda.

Moradora de Angra dos Reis (RJ), a senhora de 76 anos perdeu o filho, Alexandre Terra, para a Covid-19. Toda vez que o filho vinha visita-la, Wanda costumava usar o perfume Annete, produzido pela empresa.

Alexandre morreu no dia 4 de março. Duas semanas depois, a cunhada, Karyne Leão, foi devolver os pertences de Alexandre para dona Wanda e a encontrou chorando, abraçada a um frasco quase acabando do perfume.

Sensibilizada, Karyne tentou comprar o perfume novamente, mas ele já não era mais fabricado. Ela então publicou a história nas redes sociais.

A empresa fabricou novas unidades da fragrância e envasou em embalagens exclusivas em homenagem à dona Wanda. A caixa estilizada consta o nome da idosa na frente e no verso carrega a mensagem “Em memória de Alexandre Terra”.

Junto com as unidades que mandou para Wanda, o fundador da empresa enviou uma carta escrita à próprio punho contando o quão aquele perfume também era especial para ele.

“Querida Dona Wanda, tomamos conhecimento do significado que o perfume Annete tem nas suas memórias. Resolvemos, com apoio da nossa equipe de fábrica, fazer algumas unidades desta fragrância, especialmente para você. Queria te contar que Annete é minha primeira filha e que o perfume foi criado por ocasião do seu nascimento, com muito carinho, Miguel”, diz a carta.