Como em outras Copas do Mundo de Futebol, uma febre que sempre acontece entre os adultos e crianças é a troca de figurinhas para completar o álbum com fotos da seleção. E a Biblioteca Pública, que está montando um álbum para acervo, disponibilizou um espaço para troca entre os colecionadores.

“Como ganhamos o álbum, seria fantástico mobilizar, não só os funcionários, mas também a comunidade, uma maneira de trazer mais um para a biblioteca e aproximar pessoas diferentes, com um objetivo em comum, de diversas idades, sem distinção. E se o Brasil ganhar, mais um motivo pra gente comemorar e ter isso guardado na nossa memória aqui na Biblioteca”, declarou a bibliotecária Patrícia Karla Firmino.

O álbum da Biblioteca, que se encontra no domínio de Antonio Vieira, bibliotecário do setor, no primeiro pacote de figurinhas já conseguiu umas das mais disputas, a foto do Neymar Jr., melhor jogados do brasil atualmente.

A barganha poderá ser feita de segunda a sexta, das 12h30 às 13h30, no setor Infatojuvenil, primeiro andar do local, aberta para todos os públicos. Esse é o primeiro ano que a Biblioteca concede o espaço para a troca de figurinhas.

Nas ruas também têm a galera que faz a troca e muitos que vendem as mais procuradas, geralmente por preços absurdos. Segundo Pedro Vitor Torres, de 19 anos, estudante de Contabilidade na UFSC, desde criança coleciona os álbuns da Copa, já tem quatro guardados em casa e marca ponto na Felipe Schimdt para trocar figurinhas com quem passa por ali. Reclamou também dos que vendem na rua por preço abusivos, cobrando até R$5 reais pelas figuras mais raras.