Conhecido no meio teatral joinvilense por uma série de papeis – sendo o do solo “Eusébio Ramirez” o principal deles -, o ator Marlon Zé poderá ser “ouvido” no Netflix a partir desta sexta-feira (20). É quando estreia o documentário “Mercury 13”, produção do próprio serviço de streaming e que conta com a dublagem de Marlon. Ele faz a voz de Jim Hart, um dos personagens da história que resgata a história de 13 mulheres que, em 1961, participaram de um programa da NASA para se tornarem astronautas. Mesmo altamente qualificadas, passarem por todos os testes e superarem os homens em vários deles, elas não foram escolhidas. Com o doc, os diretores David Signton e Heather Walsh tiram essas mulheres das sombras da história da corrida espacial ao mesmo tempo em que denunciam o machismo dentro da agência americana, algo já visto no filme “Estrelas Além do Tempo” (2016). Ah, detalhe: “Eusébio Ramirez” (foto abaixo) voltará a circular por Santa Catarina em junho.