Quase três meses depois do acidente com o avião da Chapecoense, o jovem colombiano Johan Alexis Ramírez Castro, 15 anos, que ajudou no resgate das vítimas em 29 de novembro do ano passado, ganhou uma casa nova.
Localizada bem próxima à antiga residência em que ele vivia com o pai, a mãe e a irmã mais nova, no município de La Unión, na Antioquia, a casa fica em uma região elevada onde o avião caiu às vésperas da final da Copa Sul-americana.
A cor predominante, nas áreas externa e interna, é o verde, que remete à equipe catarinense e também às cores da Fundación Compasión, dedicada a ajudar camponeses na Colômbia e que coordenou a entrega do presente. Mais de 30 voluntários se organizaram para ajudar a pintar, mobiliar e decorar a residência — entregue completa à família. Tudo foi feito a partir de doações de pessoas que se mobilizaram para ajudar o "anjo da Chape".
Junto com a casa, Johan ganhou também uma bolsa para garantir seus estudos e a promessa de um empresário local de que melhoraria o caminho para a região de difícil acesso, por onde o jovem ajudou a guiar as equipes de resgate. Outra doação foi o próprio terreno onde a casa foi erguida.
Durante a cerimônia de entrega, Johan declarou que, se pudesse trocar a casa pelas vida das 71 vítimas do acidente, ele trocaria.
— É um alegria muito grande receber isso com toda a minha família, e quero agradecer a todos. Não sei como expressar o quanto estou feliz neste momento — declarou o garoto aos repórteres.
O Atlético Nacional, que faria a final com a Chapecoense e prestou uma série de homenagens às vítimas nos dias que se seguiram à tragédia, também contribuiu com doações, como camisetas e roupas de cama com o símbolo da equipe, além de convidar a família para assistir à partida contra o Rionegro Águilas, neste domingo, em Medellín.
O jovem declarou, pouco após o acidente, que gostaria de conhecer todos os seis sobreviventes que ajudou a salvar. Se depender de um deles, o jornalista Rafael Henzel, o desejo será realizado.
— Quero encontrar esse garoto na Colômbia — escreveu ele em sua conta no Twitter, onde também celebrou o presente dado ao "garoto anjo".
Fonte: Zero Hora