Ana Botafogo vem todos os anos ao Festival de Dança de Joinville, e sempre é a mesma festa, entre organização e participantes, em torno dessa que é considerada a maior bailarina brasileira.

Desta vez, além de suas atribuições na banca avaliadora (e como ícone da dança, claro), ela aproveita a estada para relançar na cidade a biografia "Ana Botafogo na Magia do Palco", que havia duas décadas estava esgotada.

O livro, lançado em 1993 em conjunto com a falecida crítica de dança Suzana Braga, é narrado por Ana em primeira pessoa.

Ela conta o início de sua trajetória, os bastidores dela, a realização profissional nos maiores palcos do mundo e os momentos marcantes de uma carreira que chega aos 40 anos. Além disso, são analisados 11 balés clássicos interpretados pela bailarina.



O livro ganhou roupagem nova e algumas atualizações para essa reedição sob responsabilidade da Editora Letradágua, de Joinville. A iniciativa de recolocar o livro no mercado envolve uma parceria entre a bailarina carioca, Sandra Braga, irmã de Suzana (que faleceu em 2014), e o editor Joel Gehlen.

Parte dos recursos obtidos com as vendas serão doados ao projeto de restauro da sede antiga da escola Germano Timm, que passou a abrigar o Saltare Centro de Dança.

É nele que Ana Botafogo autografa a biografia neste sábado (21), às 15h. Uma segunda sessão acontece na quinta (26), às 15h, no foyer do Teatro Juarez Machado. O livro custa R$ 45.

-

Quer receber as notícias no WhatsApp?