Ao longo de suas 29 edições, a Schützenfest sempre contou com um mascote para animar o evento e fazer a alegria de crianças e adultos. Conforme o livro Festa de Reis, de Silvia Kita, o primeiro deles foi Hans Bier, criado em departamento da empresa WEG e estilizado em forma de boneco pela Agência CMC. Ele fazia alusão ao chope. Já o Wilfred, que até hoje é uma das atrações da festa, nasceu em concurso realizado em 1998. Foi criado por Fernando César Bastos, seguindo as características apontadas pela Associação de Clubes e Sociedades de Tiro do Vale do Itapocu (ACSTVI): ser alegre, jovem, retratar a comunidade e ter sua imagem voltada para a tradição germânica do tiro. O Wilfred foi interpretado pela primeira vez pelo ex-presidente da Associação de Clubes e Sociedades de Tiro do Vale do Itapocu (ACSTVI), Wilson Bruch, que vestiu o personagem por três anos consecutivos.
Abertura da Schützenfest 1996 contou com o mascote Hans Bier | Foto Arquivo/OCP
VOCÊ SABIA ? • O Wilfred, personagem tão querido pelos jaraguaense por ser o mascote da Schützenfest, que está sempre cercado pelas majestades da festa, possui uma música dedicada a ele e adquirida pela Comissão Central Organizadora (CCO). DIA 16 • Nesta quinta-feira é comemorado o Dia Internacional da Tolerância. A data foi aprovada pelos estados membros da Unesco após a celebração, em 1995, do Ano das Nações Unidas para a Tolerância. A celebração visa promover o bem estar, progresso e liberdade de todos os cidadãos, assim como fomentar a tolerância, respeito, diálogo e cooperação entre diferentes culturas, povos e civilizações. É um dia destinado não só aos governos e organizações, mas também às comunidades e aos cidadãos, cabendo a todos promover a tolerância no seu espaço e no mundo.