A obsessão que ultrapassou fronteiras: fã brasileira é presa por enviar 8 mil cartas para Harry Styles

Foto: Reprodução Instagram

Por: Isabelle Stringari Ribeiro

21/02/2024 - 15:02 - Atualizada em: 22/02/2024 - 13:53

Uma mulher brasileira foi detida na Inglaterra por perseguir o cantor Harry Styles, ao enviar 8.000 cartas, algumas entregues pessoalmente em sua residência. Segundo o advogado do ex integrante da One Direction, as correspondências causaram angústia e afetaram a rotina do artista. A mulher, identificada como Myra Carvalho, de 35 anos, teria feito uma viagem não autorizada a Londres em dezembro de 2023 e se hospedado em um albergue, de onde enviou as cartas.

De acordo com o “The Sun”, Myra compareceu a uma audiência nesta terça-feira (20) acusada de assédio por perseguição, gerando alarme e angústia em Harry Styles. Ela está sob custódia da polícia britânica desde sua apresentação ao tribunal em 23 de janeiro e seu caso foi encaminhado para o Harrow Crown Court para audiência em 19 de abril.

Harry Styles teve que modificar sua rotina devido à perseguição, reforçando a segurança de sua residência após outra fã tentar entrar na casa onde Myra entregou as cartas.

As correspondências variavam de pedidos de casamento a mensagens mais íntimas, levando o cantor a ajustar suas medidas de segurança. Myra participou da audiência por videoconferência da prisão feminina em que está detida, e sua advogada alegou que ela estava passando por um episódio maníaco, questionando sua capacidade de responder ao processo.

Os pais de Myra, segundo o Daily Mail, compareceram ao tribunal e se emocionaram ao vê-la, pois não tinham conhecimento de sua viagem não autorizada nem das ações que ela estava realizando fora do país.