Que Florianópolis é um lugar abençoado pela natureza todo mundo já sabe. Que tem belezas naturais em todos os cantos, o poeta Zininho já cantou no Rancho de Amor à Ilha, hino oficial da cidade. Mas o que pouca gente conhece são as trilhas escondidas nos recantos da cidade, que levam a locais paradisíacos.

O site DestinoFlorianópolis mapeou estes caminhos dos sonhos e o OCP Florianópolis mostra para você. Agora é conferir, se agendar e curtir as trilhas da Ilha. Confira:

Praia dos Naufragados | Foto DestinoFlorianópolis/Divulgação

1 - Praia do Naufragados

Com início na Caieira da Barra do Sul, no extremo Sul da Ilha, onde termina o calçamento da rua, a trilha de aproximadamente 2,6 km de extensão pode ser feita sem grandes dificuldades. O trajeto leva cerca de 45 minutos. Não existem hotéis ou comércio por ali, porque a praia está em área de preservação, o Parque Estadual da Serra do Tabuleiro.

Piscinas naturais da Barra da Lagoa | Foto DestinoFlorianópolis/Divulgação

2 - Piscinas Naturais da Barra da Lagoa

Após atravessar a ponte pênsil da Barra da Lagoa, bem no centrinho da praia, à esquerda existe um caminho entre as residências e pousadas. Um portão delimita o início da trilha logo à frente. O percurso é curto e de fácil acesso, apesar das pedras que devem ser cuidadas para que não ocorram incidentes.

Praia do Gravatá | | Foto DestinoFlorianópolis/Divulgação

3 - Praia do Gravatá

O início da trilha se dá na Rodovia Manoel de Menezes, que liga a Lagoa da Conceição à Barra da Lagoa. Na altura da antiga boate Latitude 27 (ou Bar do Érico), já próxima à Praia Mole há uma placa demarcando com precisão o local, portanto certamente você não irá se perder. Ao chegar lá é só curtir.

Costa da Lagoa | Foto DestinoFlorianópolis/Divulgação

4 - Costa da Lagoa

Acessível somente por trilha ou barco, a Costa da Lagoa é uma localidade que ainda preserva a cultura dos primeiros colonizadores da Ilha. Para quem curte caminhadas ao ar livre, é possível chegar à colônia de pescadores por um caminho que começa no Canto dos Araçás. Durante o trajeto, são encontradas ruínas de engenhos e casarios do século 18, que transportam os aventureiros por uma viagem pela história.

A Costa da Lagoa possui transporte lacustre. Se der aquela preguiça na hora de retornar, estão disponíveis barcos oficiais da prefeitura que passam de hora em hora nos 23 trapiches que existem nessa comunidade. O passeio pela lagoa leva 40 minutos até o centrinho da Lagoa.

Lagoinha do Leste | Foto DestinoFlorianópolis/Divulgação

5 - Lagoinha do Leste

A “cereja do bolo” das trilhas de Florianópolis é sem dúvidas a da Lagoinha do Leste, que na verdade são duas: uma que parte da praia do Matadeiro, e outra que parte do Pântano do Sul. Em relação a esta segunda opção, fizemos um vídeo sobre ela.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger