Em comemoração ao Centenário do nascimento do cineasta sueco, o Paradigma Cine Arte, com apoio da Embaixada da Suécia no Brasil, exibirá 5 longas-metragens de todas as fases da carreira do diretor.

Neste ano de 2018 o diretor sueco Ingmar Bergman completaria 100 anos. Eventos comemorativos estão sendo organizados por todo o mundo e no Brasil não poderia ser diferente.

O Paradigma Cine Arte, em Florianópolis, 5 títulos do genial diretor, em cópias restauradas em digital. É uma oportunidade única para rever obras premiadas como O Sétimo Selo e Morangos Silvestres e Persona.

A mostra Centenário Ingmar Bergman, que tem apoio institucional da Embaixada da Suécia no Brasil e produção da distribuidora FJ Cines, é uma homenagem ao cultuado diretor que morreu em julho de 2007, aos 89 anos, e deixou uma extensa obra. Além dos filmes já citados, também serão exibidos Sonata de Outono e Gritos e Sussurros.

Bergman foi contemplado com inúmeros prêmios no teatro e no cinema, incluindo três Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, seis prêmios no Festival de Cannes e muitos outros em Berlim e Veneza. Sua obra lançou ao estrelato nomes até então desconhecidos como Liv Ullmann, Bibi Andersson, Ingrid Thulin, Erland Josephson e Max von Sydow.

 

OS FILMES DO CENTENÁRIO

O Sétimo Selo (Det Sjunde Inseglet) – 1957

Morangos Silvestres (Smultronstallet) - 1957

Persona - 1966

Gritos e Sussurros (Viskningar Och Rop) - 1972

Sonata de Outono (Hortssonat) - 1978

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?

 

Quer receber as notícias do Por Acaso no WhatsApp? Clique aqui!