Passando por uma reestruturação mundial, a rede de lojas Zara tem más notícias para seus clientes na região norte de Santa Catarina: a loja de Joinville está entre as unidades da rede, do grupo espanhol Inditex, que devem fechar as portas.

Segundo o jornal Estado de Minas, o plano é que a rede passe das atuais 56 lojas no país para 49.

Além de Joinville, também fecham as portas as unidades da rede em São José dos Campos (SP). 2021 deve ver o fechamento de lojas em mais cinco cidades: Vila Velha (ES), Uberlândia, São Bernardo (SP), Campo Grande (MS) e Goiânia.

O grupo Inditex tinha cerca de 7,4 mil lojas antes da pandemia, número que deve ficar entre 6,7 mil e 6,9 mil depois da reestruturação.

Os critérios para escolha das lojas que saem do portfólio da empresa são tamanho e localização.

A estratégia é manter grandes lojas, com potencial para alavancar a estratégia online da companhia. Para atingir essa meta, esses estabelecimentos deverão passar por uma modernização.

Além da Zara, a Inditex é dona das redes Bershka, Pull & Bear e Massimo Dutti. O grupo anunciou em junho do ano passado o fechamento de 1,2 mil lojas em todo o mundo, enxugamento que será compensado pela abertura de 500 unidades.

As vendas do grupo caíram 44% no primeiro trimestre fiscal de 2020, em relação ao ano anterior, em razão da pandemia de covid-19, segundo o jornal inglês The Guardian.

De fevereiro a abril de 2020, a Zara registrou um prejuízo de € 443 milhões.