A forte demanda por projetos de água e saneamento no Brasil tem movimentado o setor e evidenciado o trabalho de empresas com experiência no ramo.

Para a WEG, tradicional fornecedora de soluções para o segmento, o aumento da demanda já era esperado e a companhia está preparada para avançar neste mercado.

Depois de participar dos maiores projetos de irrigação e dessalinização do mundo, como o Rabigh 3, na Arábia Saudita e o Kaleshwaram Lift Irrigation Scheme (KLIS), na Índia, a WEG participa agora de uma das maiores obras de infraestrutura hídrica do Brasil, o Ramal do Agreste.

Projetado para captar água no reservatório Barro Branco, em Sertânia/PE, com desague no reservatório Ipojuca, em Arcoverde/PE, o Ramal do Agreste levará água para mais de 2 milhões de habitantes em 70 municípios do Estado de Pernambuco.

Um dos pontos vitais para o desempenho e sucesso desse projeto é o sistema de bombeamento onde a WEG está presente fornecendo três motores de 8.000 kW 13.800 V através de uma das principais fabricantes de bombas do mundo.

“Construímos uma estrutura global de relacionamento com as principais empresas de engenharia do mundo e fabricantes de bombas, e isso tem nos ajudado não só a otimizar soluções eficientes, confiáveis e flexíveis, mas também garantir experiencia para atender a demanda nacional, que vem se intensificado com o novo marco legal saneamento básico”, explica Elder Stringari, Diretor Internacional da WEG,

O Ramal do Agreste é uma obra do Governo Federal, executada pelo Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e conta com investimentos na ordem de R$ 1,6 bilhão.