Foto Divulgação/WEG
Foto Divulgação/WEG

A WEG forneceu oito alternadores de 1.700 kVA para fornecer energia de emergência às instalações recém-ampliadas do Centro Clínico da Sérvia, o maior centro clínico do país localizado nos Balcãs, e um dos maiores da Europa.

Em um momento em que os hospitais de todo o mundo são um ponto de ruptura na luta contra o Covid-19, este projeto destaca a importância de sistemas de energia de backup eficazes para cobrir falhas inesperadas de energia da rede elétrica.

O Centro Clínico da Sérvia, localizado na capital do país, Belgrado, possui 3.150 leitos hospitalares, considerado o número mais alto da Europa, e por volta de um milhão de pacientes são tratados lá todos os anos.

Em agosto de 2018, o presidente da Sérvia, Aleksander Vučić, anunciou um investimento do governo de 110 milhões de euros em uma complexa reconstrução de instalações no centro, a ser implementada entre 2018 e 2022.

 

 

Essa nova construção adicionará 28.000 metros quadrados de novos edifícios, incluindo novas salas de operações, consultórios e mil ou mais unidades adicionais de leitos.

Além dos novos sistemas de ar condicionado e instalações mecânicas, um grande desafio, como em qualquer construção hospitalar, é ter um sistema de fornecimento de energia eficaz.

Prazos de entrega

Os prazos eram apertados para o projeto e o prazo de aceitação da fábrica era no final de março de 2020. O Factory Acceptance Test (FAT) é um processo que avalia o equipamento durante e após o processo de montagem, verificando se é construído e operado de acordo com as especificações do projeto.

A WEG atendeu aos prazos de entrega exigidos, com uma rápida mobilização da cadeia produtiva de fabricação. Os alternadores foram fabricados na fábrica de Jaraguá do Sul em tempo recorde.

Os alternadores foram entregues dois meses antes do prazo do FAT na Tehnolink.

Para ganhar tempo, a WEG juntamente com a Tehnolink optou por enviar os alternadores para o porto de Gênova, Itália, e não para a Inglaterra (onde está localizada a WUK, que realizou a venda), economizando quase um mês no tempo de transporte.

Condições climáticas adversas, picos de demanda ou qualquer tipo de mau funcionamento técnico na rede elétrica principal, podem interromper o fornecimento de energia e afetar adversamente as muitas atividades sensíveis que ocorrem no centro médico. Os hospitais, portanto, precisam de um sistema elétrico de backup, geralmente na forma de geradores a diesel para garantir energia contínua.

O processo de licitação para fabricar esses sistemas para o Centro Clínico da Sérvia foi intenso.

Todos os principais fabricantes de geradores do mundo foram envolvidos e esforçaram-se para atender aos critérios rigorosos e desafiadores da especificação. Garantia estendida e experiência em aplicações similares foram especificadas, juntamente com preços competitivos.

No final, o maior fabricante de grupos geradores da Sérvia, a Tehnolink venceu o contrato para fornecer os geradores. A empresa projeta, fabrica, monta e presta serviços de manutenção a grupos geradores a gás e diesel.

Também coube à Tehnolink adquirir os melhores componentes para o projeto, incluindo alternadores, motores Diesel e radiadores, para fornecer ao hospital sérvio um sistema de fornecimento de energia confiável e eficaz.

A Tehnolink considerou uma variedade de fabricantes para fornecer os alternadores, pois essa seria uma parte crítica do grupo gerador que converte a energia mecânica em energia elétrica.

Os alternadores WEG se destacaram da concorrência devido à sua sólida construção em ferro fundido, especificamente a linha AG10, preferível às alternativas de aço calandrado.

"Trabalhamos com a Tehnolink desde 2016, mas esse projeto fortaleceu ainda mais nosso relacionamento", explicou Manoj Kakaya, gerente de vendas da indústria e de geradores da WEG.

"Testemunhamos o sucesso e o crescimento da Tehnolink nos últimos anos, atribuídos aos seus fabricantes de geradores de alta qualidade, e estamos felizes em trabalhar com eles na realização de grandes projetos, como este", completou.

Os geradores estão prontos e foram entregues e instalados no hospital em abril de 2020, com inauguração prevista para agosto de 2021.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul