O presidente Jair Bolsonaro exonerou Fábio Wajngarten do cargo de secretário Especial de Comunicação Social (Secom), que coordena a comunicação de governo, as ações de publicidade e a atuação nas mídias digitais.

O decreto foi publicado nesta quinta-feira (11) no Diário Oficial da União.

Até junho do ano passado, a secretaria era vinculada à Presidência da República, mas passou para o Ministério das Comunicações quando a pasta foi recriada.

Para o lugar de Wajngarten, Bolsonaro nomeou o almirante Flávio Augusto Viana Rocha, que chefia a Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência.

Rocha vai exercer a função interinamente, sem prejuízo das atribuições do cargo que ocupa.

Wajngarten é empresário na área de comunicação e assumiu o cargo na Secom em abril de 2019.