2018 está praticamente encerrado e o poder público se prepara para entrar em recesso enquanto 2019 se aproxima. Os prefeitos da região entram no terceiro ano de mandato, momento de acelerar a execução dos projetos encaminhados nos dois primeiros anos.

As prefeituras foram questionadas sobre os encaminhamentos para educação, saúde e infraestrutura, tradicional as áreas prioritárias na gestão pública. Estas propostas passam por continuidade de programas públicos, reformas, ampliações e inaugurações de escolas e postos de saúde.

Jaraguá do Sul

Educação

O secretário de Educação de Jaraguá do Sul, Rogério Jung, destaca que o município tem vários projetos de inovação para a educação pública em ordem para 2019.

Entre estes estão o programa Google For Education, que será implantado em todas as escolas do município e na pré-escola Eliane Welk, uma plataforma complementar na educação.

A implantação será integrada à aquisição de computadores e projetores para todas as salas de aulas, com instalação prevista até março de 2019.

Além disso, o município pretende implantar o programa Escola da Inteligência, do professor Augusto Cury. As escolas Luiz Gonzaga Ayroso, Adelino Francener e Ribeirão Molha serão comtempladas.

Também devem ser abertas "salas de inovação", em um novo projeto que deve ser inaugurado até março de 2019, para fomentar ideias inovadoras dos alunos.

Outras metas para 2019 passam por ampliação de projetos já existentes, como os cursos de robótica, violão e banda, dança e os laboratórios de ciência.

Também está prevista a inauguração do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Gustava Mathedi, com 180 vagas, no Bairro Nereu Ramos e a compra de 100 vagas para berçário I e berçário II, na rede privada, com perspectiva de nova compra no segundo semestre.

O município prevê investimento de aproximadamente R$ 10 milhões em obras na rede municipal.

Saúde

O secretário da Saúde, Dalton Fischer, destaca que o município deve continuar no processo de melhoria nos atendimentos, além das metas mais materiais.

"Como meta física, estaremos iniciando a reforma de 11 unidades de saúde, com as adequações de acessibilidade e pintura. Também deveremos iniciar a reforma para as adequações de acessibilidade da Policlínica de Especialidades João Biron", explica.

Outro projeto é a instalação de sete containers com conforto térmico e acústico em unidades para abrigar os agentes comunitários de saúde, abrindo espaço dentro dos prédios para mais um consultório, que poderá ser utilizado para médico de apoio, médicos residentes, acadêmicos do curso de medicina, entre outros profissionais.

Secretário de Saúde, Dalton Fischer | Foto Divulgação CMJS

Outra medida deve ser implementada em fevereiro, com a primeira versão de um aplicativo de celular para melhorar a comunicação entre a Secretaria Municipal de Saúde e os usuários do SUS, principalmente para os agendamentos e confirmações de consultas e exames.

"Quanto ao nosso quadro de profissionais, já foi encaminhado um novo processo seletivo para contratação de médicos e outros profissionais no início do ano; para que possamos repor alguns profissionais que deixaram de fazer parte de nosso quadro", conclui o secretário.

Infraestrutura

Na área de Infraestrutura, a Prefeitura destaca que existem alguns assuntos que não são de competência direta do prefeito, mas que impactam diretamente o município.

O Gabinete deve se empenhar para que haja mais recursos e agilidade nos processos de duplicação do trecho urbano da BR-280, em Guaramirim, e do contorno da rodovia federal.

"A intenção é trabalhar para que o governo federal aumente o orçamento desta obra, da mesma forma, que o governo de Santa Catarina invista na duplicação do trecho urbano de oito quilômetros em Guaramirim", explica o prefeito Antídio Lunelli. Trabalho similar deve ser feito para o contorno ferroviário.

A gestão municipal de Jaraguá do Sul também tem como meta para 2019 buscar recursos federais para outras obras de infraestrutura. Em 2018, foi desenvolvido um trabalho forte nas obras de drenagem e instalação de galerias pluviais em locais onde aconteciam alagamentos.

Recentemente, a Câmara de Vereadores aprovou projeto autorizando a Prefeitura a contrair empréstimo de até R$ 30 milhões para infraestrutura, que será especialmente aplicado em recapeamentos de ruas de grande movimentação de veículos, que ligam bairros com asfalto antigo e deteriorado.

Algumas já estão na lista: rua Bertha Weege, trechos da rua José Theodoro Ribeiro, trechos da rua Presidente Epitácio Pessoa, Padre Aloísio Boeing, rua José Narloch, entre outras. Os recursos são da Caixa Econômica Federal.

Guaramirim

Segundo o prefeito de Guaramirim, Luís Antônio Chiodini, entre as metas do município para 2019 na área de saúde está a continuidade do programa de “catarata zero”, atendendo aos munícipes que precisam desse procedimento.

"Também queremos aumentar o número de cirurgias realizadas no Hospital Municipal Santo Antônio que este ano foram cerca de 500, ano que vem queremos dobrar isso. E realizar o sonho que é realmente ter um consultório cardiológico no município", diz. O município também busca a contratação de mais um pediatra.

Na infraestrutura, estão projetados cerca de 21 quilômetros de novas pavimentações, fora a concretagem de morros e reutilização de calçamentos, como da rua Athanásio Rosa.

Pavimentações estão na pauta da prefeitura de Guaramirim | Foto Eduardo Montecino/OCP News

"Assim, estaremos pavimentando ruas que até então não imaginávamos pavimentar. Além disso, manter a fiscalização e acompanhamento das obras da Estrada Bananal para que os prazos sejam cumpridos de acordo com o contratado", nota.

Entre os objetivos para a educação se destaca a construção da nova escola Dorvalino Felippi com 12 novas salas, início das obras previsto para o segundo semestre de 2019.

O executivo pretende continuar os trabalhos para elevar o Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) do município, assim com a qualidade do transporte e da merenda escolar.

Schroeder

O secretário do Planejamento de Schroeder, Elmer Santos Quadros, escalou uma série de objetivos.

Na área da educação, destacam-se dar início das atividades da nova escola Emílio da Silva, que tem capacidade para atender 700 alunos do ensino fundamental, e a construção de uma creche na localidade de Itoupava Açu, assim como ampliação e reforma nos centros de educação Primeiros Passos e Cristiane Zerbim.

A Prefeitura também irá implementar avaliação trimestral da educação e pretende criar um núcleo científico no município, voltado ao fomento de pesquisa.

Schroeder deve fazer investimentos na saúde, educação e em outras áreas | Foto Arquivo OCP News

Para a saúde, estão previstos uma reforma do posto de saúde do Centro e um estudo de viabilidade para a implantação de um Pronto Atendimento. A gestão também pretende dar continuidade ao convênio mantido com a Redeh e intensificar os mutirões de cirurgias eletivas.

Na área de infraestrutura, o principal objetivo escalado é a captação de recursos junto ao BRDE (Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul) e Caixa Econômica Federal com intuito de pavimentar 12 ruas nos bairros, assim como as vias de ligação das localidades de Itoupava Açu, Bracinho, Duas Mamas, Rancho Bom Braço do Sul e rua Alberto Zanela, que liga o Centro a localidade Rio Hern. Ao todo, são cerca de 20 quilômetros de pavimentação.

Massaranduba

A Prefeitura de Massaranduba escalou algumas propostas para as áreas em questão, com foco em continuidade dos trabalhos na área de saúde e múltiplas obras na educação e na infraestrutura.

O prefeito Armindo Sesár Tassi também destaca uma obra na prevenção de acidentes. "Em parceria com o Ministério da Integração e Defesa Civil Nacional foi aprovado o projeto de Prevenção de cheias na região do córrego 1º de Maio. Este local sofre com alagamentos constantes por possuir uma rede de drenagem subdimensionada, causando diversos prejuízos aos moradores e a municipalidade", explica. O projeto deve ter prioridade.

Na área da saúde, o município deve manter os repasses mensais ao Hospital Municipal, garantindo o seu funcionamento e aumentando a sua oferta nas especialidades.

Manter repasses para hospital é uma das prioridades em Massaranduba | Foto Arquivo OCP News

Em fevereiro, está prevista a entrega de mais uma ambulância para transporte dos pacientes, enquanto em abril devem ser iniciadas as obras de ampliação da unidade básica de saúde Danilo Detoffel, localizada no Braço Direito.

Na educação, a Prefeitura afirma que vai iniciar o ano com duas importantes obras: a construção da quadra coberta na Escola Nicolau Jensen e a reforma e ampliação do Centro de Educação Infantil Vidalina Xavier.

Também está prevista a ampliação da hora atividade dos professores nos anos iniciais, com inclusão de novas disciplinas.

As maiores ações estão previstas para a área de infraestrutura, com início das obras com recursos do programa Avançar Cidades, totalizando aproximadamente R$ 5 milhões em pavimentação.

Também está prevista a revitalização de um trecho do Centro da Cidade., com novas calçadas, melhoria no sistema de drenagem, acostamentos, canteiros e acessibilidade, com investimento previsto de R$ 750 mil.

Também está na lista a revitalização do Centro de Eventos Municipal. Com apoio do Ministério do Turismo, foi liberado R$ 1,1 milhão para reforma do Pavilhão B, Pavilhão C, instalação de um Centro Cultural e melhorias na Praça de Alimentação.

Corupá

Segundo o prefeito João Carlos Gottardi, apesar do retorno de impostos ser aquém do que se seria o ideal para as cidades onde estão realmente os problemas, chegando a apenas 18% retornando para os municípios na distribuição geral - sendo que 24%  fica para o governo estadual e 58% para o governo federal -, Corupá fecha o ano com as contas em dia.

Para o ano 2019, o município tem vários projetos já confirmados. Em infraestrutura, se destaca a implantação do projeto de Pavimentação Comunitária, recentemente aprovado na Câmara de Vereadores, e a pavimentação de 17 vias do município com recursos do Avançar Cidades, do Ministério das Cidades.

Novas salas de Centros de Educação Infantil devem ser construídas em Corupá | Foto Arquivo OCP News
Novas salas de Centros de Educação Infantil devem ser construídas em Corupá | Foto Arquivo OCP News

Na área da educação, está prevista a construção de novas salas de Centros de Educação Infantil (CEIs) e a instalação de mais duas bibliotecas-contêiner em escolas do município.

Além disso, deve ser dada continuidade a implementação do Sistema Aprende Brasil, da Editora Positivo – do pré-escolar ao 3º ano, com investimento de mais de R$ 800 mil em 2018.

Já para a saúde está prevista a construção de um novo posto de saúde do bairro João Tozini, com investimento de cerca de R$ 750 mil, valor que deve ser liberado pelo Ministério da Saúde em 2019.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?