Para muitos que estão iniciando sua vida profissional, quais as profissões que prometem marcar forte presença no mercado é uma pergunta recorrente.

Existem profissões que se destacam e que devem ter uma boa procura durante o ano de 2019, afirma o diretor executivo da Bazz Estratégia de Recursos Humanos, Celso Bazzola, ressaltando que para definir os setores que se destacarão são necessárias algumas análises.

O ambiente de trabalho tem passado por fortes mudanças tecnológicas e culturais, o que tem mudado a dinâmica do mercado de trabalho, segundo o diretor da UniSociesc em Jaraguá do Sul, Flávio Sartori, mas não basta seguir a tendência.

"É necessário seguir o “coração”. Um indivíduo focado e apaixonado pela profissão, produzirá uma enorme transformação em qualquer área do conhecimento", diz.

Ele frisa que já há algumas décadas que se fala sobre novas tecnologias e como o mundo mudaria drasticamente até 2030.

"Surgiram inúmeras previsões sobre como nossa vida seria afetada por todas essas mudanças. O fato é que já vivemos uma revolução tecnológica. As profissões de maneira geral evoluíram no advento de um mundo que é tecnológico", explica.

De acordo com ele, essa mudança afeta todas as áreas do conhecimento, mas a tendência dos próximos anos são as áreas de infraestrutura, tecnologia da informação, sustentabilidade, relações pessoais, bem-estar humano e animal e biotecnologia.

"O mercado de trabalho estará alinhado à medida que a ciência inova, a tecnologia se evolui e novas demandas vão surgindo Por isso, tanto se fala de empresas de inovação, startups, que nada mais fazem, do que adequar-se à demanda local", comenta.

Dentre os cursos ofertados pela UniSociesc, o s mais procurados são os cursos da  área de saúde. A área passou uma revolução tecnológica na última década.

Atualmente, temos Cirurgias menos invasivas, menos dor e traumas para o paciente, diagnósticos precisos e recuperação  mais rápida.

Segundo explica Bazzola, o que leva algumas carreiras a serem vistas como promissoras para o próximo ano são as tendências de mercado e da economia do país. "As necessidades e mudanças de comportamento também influenciam nessa análise”, diz.

Tanto Bazzola quanto Sartori dão um alerta: não é porque estas profissões estão valorizadas que se deve correr atrás das mesmas, pois a vocação é muito mais importante do que apenas a valorização da profissão no mercado.

"Geralmente por influências externas, em muitos casos os profissionais optam pelo dinheiro e o resultado pode ser desastroso", diz Bazzola.

Também vale lembrar que várias profissões tiveram seus momentos de destaque e depois entraram em baixa, enquanto outras estão presentes nas empresas em destaque até hoje - e muitas nunca foram vistas como a profissão "do momento", mas seguem em alta demanda.

O importante é se manter atualizado, sendo que muitas delas sofreram mudanças graças os avanços das técnicas, tecnologia, estratégia, competitividade, entre outras variáveis que fazem as pessoas se destacarem ou não - e mudar os planos para seguir tendências pode ter resultados desastrosos.

Quais são as profissões de destaque para 2019?

Agroecólogo

Profissional que combina conhecimentos de sustentabilidade com agroindústria, demanda cada vez mais em alta com o foco cada vez maior em desenvolvimento sustentável.

Gerontólogo

Atua não só com a saúde de pessoas idosas, mas também com a felicidade e o bem-estar delas. Segundo o IBGE, a população idosa cresceu 18,8% nos últimos cinco anos, e o país conta com a quinta maior população idosa do mundo. Em 2030, os idosos devem superar a população dos 0 aos 14 anos no país.

Analista de BI (Business Inteligence)

A profissão é voltada para a interpretação e aplicação de dados para entender os comportamentos de consumo, atuando nas áreas de marketing, administração e finanças, mediante uso de algoritmos inteligentes para alavancar vendas.

Técnico em drones

Especializado em pilotar aeronaves não tripuladas para serviços na parte de segurança, fotos e filmagens, análise de campo e solo, etc. O uso deste tipo de remoto tem se tornado cada vez mais comum.

Desenvolvedor mobile

Profissional que desenvolve softwares para dispositivos móveis.  O mercado é um dos que mais cresce no mundo: em 2016, apps para celulares e tablets movimentaram US$ 61,8 bilhões em todo o mundo, e a previsão é de que em 2021, este mercado chegue aos US$ 140 bilhões.

Cientista de dados

Papel decisivo para o futuro de muitas empresas, usando dados estatísticos e matemáticos para prever e resolver problemas de negócios e identificar tendências de mercado.

Analista de mídias digitais - o famoso "social media", visando engajamento e o bom relacionamento por meio das redes sociais digitais, cada vez mais impactantes na esfera pública brasileira.

Biotecnologista

O termo abrange múltiplas profissões nas áreas de saúde, agronomia, farmácia e química, trabalhando com o melhoramento da produção agrícola, com o controle de qualidade e desenvolvimento de remédios.

Designer de games

A criação e o desenvolvimento de jogos eletrônicos para diversas plataformas é outro mercado de grande porte e rápido crescimento, movimentando em 2018, só no Brasil, US$ 1,5 bilhão. Globalmente, este mercado ultrapassa meio trilhão de dólares. Além disso games também são usados para treinamento  e educação, além do entretenimento.

Conselheiro financeiro

Seu papel é sugerir melhorias para a governança corporativa, com base nos seus conhecimentos técnicos de controladoria, finanças e contabilidade e vivência de mercado.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?