Até o final do mês, a mineradora Vale deve antecipar R$ 932 milhões em pagamentos devidos à cerca de 3 mil fornecedores, se considerados desembolsos já feitos desde o início da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus, disse a mineradora em comunicado ao mercado nesta quinta-feira.

Deste montante, já foram pagos R$ 521 milhões, para 1.694 pequenas e médias empresas. Estes pagamentos foram feitos nas últimas duas semanas. Em março a empresa havia antecipado R$ 171 milhões, e na primeira dezena de abril foram pagos outros R$ 350 millhões.

A estimativa da mineradora é de que ela injete ainda outros R$ 411 milhões na economia até o final do mês na forma de pagamentos antecipados.

"A última parcela da antecipação está prevista para o final de abril, quando se chegará ao valor total estimado de 932 milhões de reais, que reforçará o caixa das pequenas e médias empresas do país", disse a companhia, uma das maiores produtoras de minério de ferro do mundo.

"O objetivo da Vale com esta iniciativa é usar sua presença na base da cadeia produtiva e capacidade de mobilização para ajudar os fornecedores a enfrentar os impactos da pandemia", encerrou a mineradora.

As informações são da revista Época Negócios

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul