Setor automotivo recupera as vendas e espera crescimento de 10% em 2018

São Paulo - Pátio de montadora em São Bernardo do Campo São Paulo - Pátio de montadora em São Bernardo do Campo

Economia

Por: Windson Prado

domingo, 07:00 - 18/02/2018

Windson Prado
Após quatro anos de declínio o setor automotivo apresentou em 2017, sinais de reação, e a projeção é a de que as vendas devem fechar, este ano, com alta de 10% com relação ao ano passado. “O ano começou muito forte, com alta de 22%, em janeiro, na comparação com o mesmo mês do ano passado”, afirmou Fábio Braga, diretor de operações da JD Power no Brasil. Ele lembrou que, mesmo com a expansão verificada no ano passado, as vendas ainda representam só 60% do auge atingido em 2012: “Naquele ano foram vendidos 3,6 milhões de veículos e no ano passado foram 2,2 milhões”. Para Braga o volume vendido em 2012 mostra que há um mercado potencial no País e que o consumidor compra quando há confiança: “O PIB crescendo, o emprego estável, a disponibilidade de crédito aumentando, a redução da taxa Selic, que deixa o crédito mais barato, aumentam a confiança do consumidor e contribuem para a expansão do mercado”. Para Fábio Braga este ano ainda apresenta grandes desafios para o País e para o mercado: “Votação da reforma da Previdência, eleições presidenciais e período de Copa do Mundo. No entanto 2017 não foi menos difícil e a indústria conseguiu apresentar resultados interessantes”.   *Com informações da Fenabrave
×