Passados seis meses desde o início da pandemia de Covid-19, o setor de viagens e turismo começa a recuperar a demanda, após um período de queda intensa no auge da pandemia, entre março e junho, conta o corretor de turismo Kilian Sohn Neto, da Cosmos Turismo.

"Neste primeiro momento, a procura tem sido maior por destinos próximos e roteiros nacionais, até por conta do fechamento de muitas fronteiras", explica Kilian.

Os principais destinos são os resorts no Nordeste e as Serras Gaúcha e Catarinense.

Estes destinos têm procura elevada também por conta dos protocolos de segurança adotados por hotéis, resorts e empresas de viagem, como a exigência de teste negativo de Covid-19 para a realização da reserva e normas de embarque e desembarque visando reduzir as chances de contágio.

"Os passageiros estão procurando uma viagem em um raio de 200 quilômetros de sua residência. As pessoas estão procurando viagens de forma que seja segura, em hotéis fazenda, roteiros menos movimentados e resorts, e vendo que é seguro, planejando viagens futuras", comenta.

Segundo o agente de viagens, muitas empresas trabalham com abertura ampla para remarcações e com descontos em negociações para alterações de data.

Por conta disto, a procura tem sido forte por passagens agendadas com período de antecedência.

Essa abertura se deve a possibilidade de novos isolamentos que obrigariam os clientes a adiar a viagem - e beneficia quem compra com antecedência para viajar mais tarde.

Busca por destinos mais tranquilos

A pandemia ainda limita a procura por destinos urbanos e roteiros mais visados, como grandes capitais e centros urbanos. Os roteiros de grupo também tem sido evitados, assim como grandes atrações turísticas, para evitar aglomerações.

Muitos hotéis implementaram ainda regras exigindo o uso de máscara nos espaços comuns e de higienização constante.

"Até todo mundo se sentir seguro, esta retomada vai ser gradual enquanto as pessoas recuperam a confiança em viagens", completa Kiilian.

O estado da pandemia no país limitou gravemente a oferta de destinos. Por ora, são apenas 47 países para os quais os brasileiros têm permissão para viagens.

Na América do Sul, a entrada na Colômbia deve ser liberadas nos próximos dias, enquanto na Europa estão liberados apenas Croácia e Turquia.

Outros destinos liberados incluem México e Emirados Árabes.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul